segunda-feira, 23 de janeiro de 2017

De bike ou a pé cruzar os Pirineus no Caminho Francês a Santiago de Compostela é o máximo!

Como você já deve ter lido no artigo anterior publicado pelo Professor Arnaldo Farias, editor chefe da "Nóis na Fita A TV", vai acompanhar você e seus amigos por todo o místico percurso do Caminho Francês de Saint Jean Pied de Port, a ser concluído em  Finisterre, passando por Santiago de Compostela ao longo de 26 dias, nos meses de junho e setembro de 2017, sem nenhuma pressa ou estresse.

Assim, no primeiro dia desta incrível jornada, o grupo poderá cruzar os Pirineus com seus 1.200 metros de elevação em pouco mais de 20 km, de bike ou a pé, lembrando que todos podem ou não levar seus alforges, já que em todo percurso haverá carro de apoio, além da possibilidade dos pertences de todos estarem a disposição no próximo local de continuação da ciclo peregrinação, ou seja, tudo para que cada um, dentro de suas possibilidades passa chegar ao fim do primeiro dia sem nenhum temor de sofrimento e muito menos de fracasso.

Então, não perca mais tempo, junte-se aos seus queridos amigos e faça como o Professor Arnaldo, pois este intrépido ciclista, além de falar espanhol fluentemente, já percorreu o Caminho de Santiago, entre outros, por diversas vezes e ele garante que ninguém vai passar por nenhum perrengue.

Valor:  26 dias no Caminho de Santiago R$6.000,00 (reais) (por pessoa)  :  parcelamos em 10 vezes, sem juros. Via pag seguro pelo site : www.bikeline.com.br

1)     Poderá ser combinado uma programação de pagamento até a data da viagem.
2)     Os valores deverão estar acertados no máximo 60 dias antes do inicio da viagem.

Desistências: será cobrado o valor de 30% do total.

Solicite ficha de inscrição via email:  bikelinebrasil@gmail.com
Contato Brasil : +(55) 43 – 99639 0743 WhatsApp
Contato España +(34) 679 941 113 WhatsApp


Veja a Ciclo Peregrinação Professor Arnaldo pelo Caminho Francês em 11 etapas, começando pelo link abaixo:

ETAPA 1 SÓ PARA OS BRUTOS - SAINT JEAN PIED DE PORT A ZUBIRI CAMINO FRANCES SANTIAGO DE COMPOSTELA


sexta-feira, 30 de dezembro de 2016

Você não tem mais desculpas para desistir de pedalar pelo Caminho de Santiago em 2017

Agora você e seus amigos não tem como resistir em percorrer de bicicleta o Caminho Francês a Santiago de Compostela e de quebra chegar até o "fim do mundo" em Finesterre, pois o percurso será vencido em 26 dias, com direito a dias de descanso ao longo do mais místico caminho de peregrinação.

O Professor Arnaldo, editor chefe da "Nóis na Fita A TV" e o Movimento Bike Line vai levar vocês e seus queridos amigos a pedalar sem pressa e sem estresse, oferecendo bicicletas para aluguel, traslados, entre uma série de mordomias que você pode conferir abaixo:


Incluso no pacote:
. Translado Madri até Saint Jean de Pied de Port  
. Translado Santiago até Muxia e Finisterre
. Translado de Santiago até Madri

. Veiculo ficará disponível nos dias 23, 24 e 26 para o Grupo. 
. Serviço de Guia (acompanha o grupo) – mecânico de bikes
. Caminho das Estrelas (pedal noturno) D +
. Seguro viagem específico para cicloturismo de aventura
. Seguro viagem internacional (tratado de Sheng)
. Bicicletas da marca Specialized, 29 – de acordo com a altura de cada ciclista.
. Equipamentos, como alforges, bomba de ar, sinalizadores, dentre outros.
. Envio de mochilas e alforges por etapa do caminho
. Carro de apoio / entre Saint Jean até Roncesvalles.
. S.O.S Peregrino – 24 horas

Opcional:
1)     Carro de apoio durante todo o percurso ( 21 dias) – (item incluso para este grupo)  
2)     Levar a própria Bike desde o Brasil – (Bike Line) oferece aluguel de Mala Bike.   


NUMERO DE VAGAS – 12

Pré-requisitos: Vontade, pré disposição,  e muita alegria.  Obs: Recomendamos pequenos treinos antes da viagem, com percursos entre 30 a 60 km por dia. 


. Pernoite Peregrino(a) em Albergues com opção de Upgrade. (obs) Bike Line oferecerá a opção de Albergue. Se o grupo preferir ficar em locais mais reservados, não há problemas. Apenas terá que pagar a diferença entre, Albergue, para "habitaciones" privadas. Bike Line poderá enviar uma relação de hostel, de acordo com o Roteiro e garantir reservas em todos os locais pré-definidos. 


Abaixo um exemplo de ROTEIRO em junho / setembro
DATA PROGRAMADA:
Dia 01 –Traslado de Madri para Pamplona -  Pernoite
Dia 02 – Início (a pé) Saint Jean – Roncesvalles
Dia 03 – Roncesvalles – Pamplona
Dia 04 – Pamplona
Dia 05 – Pamplona – Estella
Dia 06 – Estella – Logroño
Dia 07 – Logrono – Najera
Dia 08 – Najera – Viloria de Rioja (Refugio Acácio e Orietta)
Dia 09 – Viloria de Rioja – Burgos  (2 noites)
Dia 10 – Burgos
Dia 11 – Burgos – Convento de San Antón
Dia 12 – Convento de San Anton – Carrión de los Condes
Dia 13 – Carrion de los Condes – Sahagun
Dia 14 – Sahagun – Léon  (2 noites)
Dia 15 – Leon
Dia 16 – Leon – Astorga
Dia 17 – Astorga – Molinaseca
Dia 18  Molinaseca – Villa Franca del Bierzo
Dia 19  Vila Franca del Bierzo – Cebreiro
Dia 20  Cebreiro – Sarria
Dia 21  Sarria – Melide
Dia 22  Melide – Santiago de Compostela  (3 noites)
Dia 23, 24 e 25  - Opções de carro Costa da Morte (Galicia) – Muxia e Finisterre. (possível UP GRADE) pernoite em um destes locais.
Dia 26 – Translado Santiago de Compostela – Madri


Obs: O Roteiro estará sujeito a mudanças de acordo com a vontade de nossos queridos peregrinos, desde que, isso não afete o orçamento pré-estipulado por Bike Line. Nosso objetivo é servir , Es el espírito del camino!  Portanto, tudo pode ser conversado e organizado. 


Equipamentos Obrigatórios: Uso obrigatório de capacete, bicicleta de montanha (fornecida por bike line), caso queira levar a sua, não há impedimentos. Recomendamos o uso de óculos e roupas próprias para ciclismo.

Valor:  26 dias no Caminho de Santiago R$6.000,00 (reais) (por pessoa)  :  parcelamos em 10 vezes, sem juros. Via pag seguro pelo site : www.bikeline.com.br


1)     Poderá ser combinado uma programação de pagamento até a data da viagem.
2)     Os valores deverão estar acertados no máximo 60 dias antes do inicio da viagem.

Desistências: será cobrado o valor de 30% do total.

Solicite ficha de inscrição via email:  bikelinebrasil@gmail.com
Contato Brasil : +(55) 43 – 99639 0743 WhatsApp
Contato España +(34) 679 941 113 WhatsApp

Veja a Ciclo Peregrinação Professor Arnaldo pelo Caminho Francês em 11 etapas, começando pelo link abaixo:

ETAPA 1 SÓ PARA OS BRUTOS - SAINT JEAN PIED DE PORT A ZUBIRI CAMINO FRANCES SANTIAGO DE COMPOSTELA

sexta-feira, 16 de dezembro de 2016

Mitos e Verdades sobre as Ciclofaixas e Ciclovias da Zona Leste de São Paulo

Você será assaltado ao pedalar na ZL.
MITO!
"Não mesmo! Você será assaltado em qualquer rua, avenida ou em algum logradouro da cidade de São Paulo, pois a bandidagem está em todos os lugares e as luxuosas bikes de carbono, definitivamente, não circulam pelas Ciclofaixas ou Ciclovias da minha querida Zona Leste de Sampa". - inicia sua explanação o Professor Arnaldo, editor chefe da "Nóis na Fita A TV", sobre os Mitos e Verdades de se transitar de bike por essa região tão carente da atenção do Poder Público.

É péssimo o estado de conservação delas?
Verdade!
"Na Ciclofaixa que margeia o Córrego Tiquatira, demarcada do lado esquerdo da Avenida, se inicia quase no final da Marginal do Tietê e vai até o Metrô Itaquera, nomeada com vários nomes em seu percurso de quase 10 km, apresenta problemas de toda ordem: é estreita, cheia de buracos, com dejetos e sujeira de todos tipo, como por exemplo: restos móveis, entulhos de construções e incontáveis objetos lançados por motoristas ou pelos próprios moradores do entorno, uma nojeira.

No entanto, deve-se ressaltar que eu mesmo, durante meus treinamentos, pude observar garis da Prefeitura limpando a Ciclofaixa, mas o descaso de todos é tão grande, que pouco tempo depois, está tudo imundo." - continua o Professor.

Já a Ciclovia ao lado da Radial Leste, que vai desde o Metrô Itaquera até a Estação Tatuapé, apesar de ser um pouco mais larga, apresenta um piso totalmente irregular, com rachaduras e buracos para todo lado, no que pese ter uma melhor sinalização e limpeza, é compartida com pedestres, viciados em drogas baratas e maiores abandonados.

Elas servem de moradia para viciados e descamisados.
Verdade!
"Em vários trechos da Ciclofaixa, ao lado Córrego Tiquatira, é possível ver barracos improvisados e usuários de drogas em várias partes do percurso, vivendo em condição sub-humana.

Na Ciclovia, buracos criados na base das pontes por essas pessoas, servem como moradia mesmo com o mal cheiro, bem perceptível, quando se passa ao lado deles.

Inclusive, numa dessas moradias, o morador tinha um cachorro, que ao perceber minha aproximação, rosnou, como um aviso de que seu dono não queria ser perturbado, e ele, como um cão fiel, cumpria seu papel de guardião, pois o tal morador, lhe dava comida e proteção." - continua o Professor Arnaldo.

Existe atrativos para se pedalar por elas.
Verdade!
"A Prefeitura de São Paulo em parceria com um Banco particular, instalou duas estações de treinamento na Ciclovia, montados sob um tablado, produzidos em aço inoxidável, que poder ser usado livremente por qualquer pessoa, com instruções de uso, numa tentativa clara de oferecer um atrativo a mais para as pessoas circularem por lá; verdadeiramente uma iniciativa que merece nosso aplauso" - defende o Professor.

É divertido pedalar pelas Ciclofaixas e Ciclovias da Zona Leste.
MITO!
"Se comparado às Ciclofaixas da Avenida Paulista, da Avenida Farias Lima e à Ciclovia da Marginal de Pinheiros, chega a ser deprimente, pois fica bem claro o quase total abandono e cuidados que as mesmas deveriam ter, pois entendo que que essas vias de tráfego e lazer deveriam ter o mesmo olhar cuidadoso das Autoridades e Empresas que para nossa sorte patrocinam essas vias de locomoção.


No entanto, ao menos para os corintianos como eu, dá um arrepio na espinha e abro um sorriso daqueles, sempre que passo pelo Estadio do TIMÃO, a Arena Corinthians, nossa casa, que para nossa alegria maior, só apresenta em sua parte frontal o nosso amado escudo, que nos enche de orgulho e paixão." conclui suas observações o intrépido Professor Arnaldo Farias.

Pra cima deles TIMÃO!


domingo, 11 de dezembro de 2016

Só alegria e emoção na 79ª ed. do Circuito Brasileiro de Cicloturismo em Bueno Brandão - MG

Foi um festival de alegria e muita emoção a  79ª ed. do Circuito Brasileiro de Cicloturismo em Bueno Brandão sul de Minas Gerais, evento que reuniu centenas de  ciclistas para dois dias de muito pedal e comilança, que contou como sempre com uma organização impecável de uma equipe que  faz acontecer cada edição sem medir esforços para dar segurança, estrutura e desafios para os amantes do Mountain Bike.

A festança já começou no sábado durante  confraternização de todos regado a muita pizza, vídeos e uma palestra do Fernando, Diretor da Bike Line - Caminho de Santiago, que convidou a todos a usar a estrutura de sua empresa para realizar o sonho de vivenciar o Caminho Francês de Santiago de Compostela.

Na ocasião, foi informado aos presentes que o Professor Arnaldo, editor chefe da "Nóis na Fita A TV", está à frente de 2 grupos que terão duas datas em 2017 para pedalar pelo percurso mais épico de peregrinação a Santiago de Compostela, com toda estrutura e segurança que só a Bike Line pode oferecer, pois tem quase uma década de experiência em receber ciclo peregrinos na Espanha.

Domingo espetacular em Bueno Brandão
Apesar do tempo nublado, a largada em frente à Igreja Matriz de Bueno Brandão, se deu no horário informado, não sem antes ser oferecido aos participantes, frutas e água a vontade, que contava com batedores de moto, veículos de apoio e uma ambulância que seguiu o grupo por todo o percurso de um pouco mais de 30 Km.


O percurso foi muito bem marcado e com  vários membros do Staff dando orientações, contou com inúmeros pontos de água, frutas, café e lanches para o deleite e tranquilidade dos participantes, que tiveram que enfrentar um percurso algo desafiador, dado a chuva que vem caindo a cada tarde nos últimos dias.


Alguns que pedalaram sem pressa, ainda foram brindados com um chuvarada, mas puderam curtir as belezas de várias cachoeiras que se apresentavam a cada subida ou decida irada nas terras de Bueno Brandão, uma cidade que oferece várias alternativas de passeio pela região.


Concluindo, já em janeiro de 2017, acontecerá mais uma um pedal sensacional em mais uma edição do Circuito Brasileiro de Cicloturismo, que vocês seus amigos não podem perder de jeito nenhum, pois muitos deles foram premiados por não faltarem a nenhuma edição.

Bora lá!

domingo, 4 de dezembro de 2016

Na ECO BIKER Show 2016 em Tatuí a BIKETOOR TEAM ganha tudo!


O mega evento de Mountain Bike XCM, Eco Biker 2016 - Tatuí, arrasa em todos os sentidos e faz a festa da Biketoor Team, que mais levou atletas entre todas as equipes participantes, além disso,  vários deles subiram ao pódio depois de medirem forças em um circuito impecável, assim como centenas de detalhes da super estrutura montada no Centro Hípico de Tatuí, interior de São Paulo pelos organizadores.

FOTOS Gerais e Pódio - ECO BIKER SHOW 2016 TATUÍ
Para acessar o álbum, clique no link abaixo:


A mega estrutura da Eco Biker 2016 - Tatuí
O Professor Arnaldo, editor chefe da "Nóis na Fita TV", inicia o artigo com o seguinte comentário:

"Caracas! Nas mais de 500 competições de MTB nunca vi uma estrutura tão sofistica como a montada no Centro Hípico de Tatuí. Neste local simplesmente maravilhoso, oferecia, play ground para os filhos dos atletas participantes, num lindo espaço kids, lanchonete, Praça de Alimentação onde se pôde almoçar muito bem a preço módico, música ao vivo de um banda super competente, Bike Parking, Bike Wash, Vestiário para atletas, banheiros e chuveiros para todos, amplo e seguro estacionamento, Stand de Espositores e uma espetacular arena coberta com 2.000 metros quadrados, um luxo total.

O circuito e a prova
o nosso grande amigo Fabricio Fernandes, um dos organizadores desse mega evento, foi o responsável pelo circuito tranquilo para a galera da Sport e desafiador para os brutos da Pro, ambos muito bem demarcados, com fitas, placas e marcação com cal no solo, além da orientação de mais de uma centena de Staffs a cada trecho que se fazia necessário, trazendo segurança às centenas de ciclistas participantes, além da cronometragem feita com ship para dar o resultado de cada posição, quase que de imediato.


Já a competição como um todo, teve tantas inovações sofisticadas, comentadas acima, que fica difícil eleger as melhores, pois muitas delas em nunca havia visto nas mais de 500 provas e competições de todo gênero desde 2004". - encerra o Professor Arnaldo, feliz da vida com sua terceira colocação na Categoria Over 60 Sport.