segunda-feira, 19 de outubro de 2009

6 horas de MTB (Cross Country) A natureza ditou as regras!


Como era sabido rolou neste domingo o 6 Horas de MTB em são José dos Campos. Também era sabido que a chuvarada seria um dos componentes da prova, por bem ou por mal.
Então, na madrugada do domingo choveu ao cântaros, fato que transformou o circuito em um verdadeiro lamaçal.

A lama ditando as regras
Simples, nas três primeiras voltas, todos os competidores tiveram o privilegio de empurrar a bike single track acima, sem chora nem vela. Como a chuva deu uma trégua, o circuito começou a ficar pedalável para os mais fortes e mais ameno para os mais teimosos em continuar.
Depois da metade da competição, o sol deu as caras de vez e percurso ficou divertido de vez. No entanto, o “amarelento” fritou a cuca da rapaziada que botou a língua de fora de vez.

Conclusão: Quem foi teve atitude para encarar a lama e quem terminou teve brios para encarar uma parada dura mesmo.

Destaques:
• Organização caprichosa da Socobikers
• Circuito genial, apesar da chuva que na primeira hora fez a galera sofrer.
• A estrutura montada pela Organização e o apoio do Clube de CAmpo Luso Brasileiro de São José dos Campos.
• O suporte aos competidores, tais como água, frutas, sinalização, fiscais em todo o circuito, ambulância, médicos, entre outros itens.
• Troféus fabricados com esmero
• Amplo sorteios de valiosos brindes oferecidos pelos patrocinadores

Grande destaque A coragem do biker Angelo Arantes de Caraguatatuba, que mesmo ferindo-se no olho na metade da competição, teve brios para seguir até o final, apesar do aviso dos médicos que teria que levar ponto no corte sofrido logo abaixo do olhos esquerdo (veja vídeo postado logo abaixo deste artigo).

Ponto negativo
Para você que não foi e perdeu uma prova bem feita, um percurso irado e o prazer de vencer a natureza com chuva e tudo.

E que venham raios e trovões da próxima vez!