quarta-feira, 14 de outubro de 2009

Não trapaceie numa competição! Fair Play é a solução! Será?

O fair play está claramente vinculado à ética no meio esportivo. Suas inter-relações com o comportamento considerado exemplar por um ser humano dentro e fora da prática competitiva se tornam cada vez mais incisivas. Isso acontece porque o esporte é um fenômeno que visa equilibrar a razão, a emoção e a espiritualidade do homem através do fair play. Logo, busca promover uma mobilização em prol do comportamento e do pensamento ético se seus envolvidos (Portela, 1999).
E agora? Que conclusões se podem tirar sobre o competidor que não respeitou o concorrente? Onde está o Fair Play?
E finamente, como avaliar à atitude do fiscal que fez justiça com as próprias mãos?
Aguardo seu comentário, ele será importante para futuro artigo a respeito do tema.
¡Muchas gracias! Professor Arnaldo