sábado, 7 de novembro de 2009

CAPACETE salva VIDA de ciclista!


AVISO: Este texto e as fotos ilustrativas, não são em hipótese nenhuma, informe publicitário, pois também uso há muitos anos o capacete mencionado, fato comprovado por centenas de fotos publicadas do Professor Arnaldo.

Este emocionante relato foi enviado por Evandro Scartezini ao fabricante e a meu pedido é aqui publicado em partes, como alerta aos "vacilões" que teimam em não usar um bom CAPACETE!

Quase todos os dias após as 18 horas eu e mais alguns amigos da equipe de mountain bike aqui de Chapecó, a APROCICLE, sempre fazemos trilhas curtas, e nos finais de semana fazemos trilhas mais longa.
No dia 07 de fevereiro, eu e mais dois colegas saímos para uma trilha curta, cerca de 20 km. O problema foi que em uma estrada do interior, destas que possui somente uma via, em uma decida de cascalho solto, e extremamente em uma curva fechada, eu dei de frente com um caminhão que carrega ração para frangos, chamado ‘toco’, este caminhão é trucado na parte traseira.
O caminhão estava subindo em alta velocidade e cortou a curva para a esquerda, pois estava vazio. Eu apenas consegui desviar da parte dianteira por puro reflexo, vindo a colidir com o rodado traseiro.
Na verdade esses caminhoneiros são uns irresponsáveis, por serem maiores que os outros eles acham que não precisam abrir passagem para ninguém.
Tive sorte de ser arremessado para fora do rodado do caminhão, minha bike já não teve a mesma, pois foi praticamente moída quando os pneus traseiros passaram-lhe por cima.
Mas não reclamo, pois o impacto foi fortíssimo, sendo que acabei com fraturas expostas em ambas as pernas (tíbia e fíbula), e com um problema de coordenação motora, temporário (palavra médica), na mão esquerda. Tive de colocar pinos de platina em ambas as pernas, e reconstruir parte da tíbia direita, pois houve perda da massa óssea.

A princípio isso pode assustar um pouco, mas tudo isso seria em vão se eu não estivesse utilizando o capacete da Fox.
Com o impacto bati muito forte com a cabeça na carroceria do caminhão, que é toda de aço, e o capacete salvou minha vida. Pois fiquei apenas com o olho esquerdo roxo por alguns dias.Posso afirmar com plena convicção que se estivesse usando meu capacete antigo eu não estaria escrevendo esta carta.
Pois bem, eu só espero conseguir transmitir um pouco da emoção que sinto quando olho pro capacete destruído
. E não quero mais olhar, por isso vou mandar pra vocês o capacete.
Não sei se estas linhas conseguirão transmitir a emoção que sinto quando me lembro do acidente, pois meus olhos se enchem de lágrimas ao pensar que devo minha vida ao produto que vocês vendem.
Só tenho a agradecer, agradecer imensamente a dedicação de se comercializar um produto desta qualidade e do respeito com o consumidor no atendimento pós venda.
Acreditem, apesar de algumas seqüelas, provavelmente um encurtamento da perna direita e alguns problemas na mão esquerda, eu ainda volto a pedalar, e meu capacete vai ser sempre Fox.
Assim como diversos companheiros de pedal, que após verem a magnitude do acidente já se decidiram por trocarem os capacetes.
Eu acho que as coisas boas também devem ser ditas, por isso, do fundo do meu coração, um sincero Muito Obrigado.
Chapecó, SC, 16 de abril de 2008
EVANDRO SCARTEZINI.