segunda-feira, 30 de novembro de 2009

Galera da BICICLETADA invade shopping de luxo que não tem bicicletário! 2ª Ediçao 7:30 a.m 01-12-09

Ciclistas urbanos, que em geral adoram pedalar à noite, perderam a paciência e fizeram um duro protesto no estacionamento de um shopping Center em São Paulo na última sexta-feira.

Assim como os motoristas, que também perdem a paciência neste transito caótico, buzinando freneticamente, invadindo faixa de pedestres, não respeitando as ciclofaixas (apesar de existirem pouquíssimas), foram a forra e mostram que os bikers quando querem, se fazem ouvir.

Foto: luddista











Um dos componentes da bicicletada.org, postou um video, em um belo site denominado "apocalipse motorizado" (Articulações e reflexões para superar a sociedade do automóvel), video este, que além dar destaque ao ocorrido, retrata ao meu ver, as ações dessa massa crítica bem organizada, como pude notar, lendo atentamente, o texto inteligente e bem escrito, numa demonstração inequívoca, que eles não tem medo de buscar espaço, por direito, destinado aos ciclistas conscientes.

No entanto, procurada pela Folha, a assessoria informou que já fez um bicicletário para seus clientes. Veja o comunicado do shopping na íntegra:

"O Shopping Vila Olímpia informa que mantém bicicletário à disposição de seus clientes, segundo a Lei Municipal Nº 14.266, de 6 de fevereiro de 2007. As bicicletas podem ser estacionadas normalmente em espaço apropriado, localizado no primeiro subsolo. O empreendimento explica também que estão instaladas placas informativas sobre a localização do estacionamento para motos e bicicletas. Adicionalmente estão em fase final de confecção e instalação sistema para maior conforto dos ciclistas. O Shopping Vila Olímpia ressalta que os ciclistas são muito bem-vindos no centro de compras e lazer."

Voltando ao vídeo reproduzido pela Folha Online, que apresenta legendas apropriadas, faço por minha inteira responsabilidade, só uma ressalva: muitos dos 250 ciclistas estavam sem capacete e tal atitude, ao meu ver, não é lá muito razoável.

Escapei da morte certa, digo, obesidade e sedentarismo em 2001, graças ao ciclismo urbano. Mas, lembro bem, que o Mario, líder do nosso grupo chamado “Aventura Bike Club”, nunca permitiu que ninguém pedalasse sem o capacete. Hoje, depois de uns 50.000 pelados deste então, sinto-me no direito de dar minha humilde posição.
De 1ª Matarona da República - SAnta Isabel 15-11-09


“Ário, ário, ário, cadê bicicletário”? (3 vezes)



Parabéns a massa critica Bicicletada SP, mas com capacete, por favor!