quinta-feira, 26 de novembro de 2009

PEDAL LEVE TEAM no Caminho da Fé, concluido com a celebração de novas amizades. (Edição Final)

Depoimento dado com exclusividade por meu amigo Gilmar Duarte da Pedal Leve Team, para o Blog do Professor Arnaldo.

Sexta, 20/11/2009, 7º e último dia no Caminho da Fé.
O mais difícil já havia sido cumprido e agora seria só alegria no percurso Campos do Jordão / Aparecida do Norte.

Levantamos um pouco mais tarde que o habitual e fomos saborear o ótimo café da manhã do Refúgio dos Peregrinos. Magnífico café matinal. Edison e Marilda capricharam em tudo. Mesmo antes de sair já havia saudade. Despedimo-nos e partimos para Aparecida. Em Campos subimos bastante até o Mirante Lajeado, de onde podia-se ver a estrada de Campos bem lá embaixo. Esta foi praticamente a última subida do dia, depois muitos trechos planos e pequenas elevações, tudo asfaltado.

Chamou-nos atenção, a longa ciclovia que começou em Pindamonhangaba.
Aproveitei o percurso para manter o giro e descansar para a corrida prevista para domingo: “3 Horas de Mountain Bike” em Piedade-SP. No trajeto paramos para beber caldo de cana e água de coco, ambos gelados, uma delícia. O percurso foi tranqüilo, sem novidades e cheio de lembranças. Naquela monotonia de girar em planos asfaltados, recordava as belas paisagens da Serra da Mantiqueira, os morros sem fim, as ótimas refeições, enfim, via um filme virtual como se fosse uma retrospectiva da semana.

Em 03h35 de pedal percorremos os 75 km que separam o Refúgio dos Peregrinos em Campos do Jordão, do Santuário Nacional de Nossa Senhora da Conceição Aparecida em Aparecida do Norte. Nossa peregrinação terminara e, na secretaria da Basílica, fechamos nossas credenciais e recebemos o certificado atestando nossa participação como peregrino no “Caminho da Fé”. Frente à imagem de Nossa Senhora, tentei lembrar-me de todas mensagens recebidas das pessoas que encontramos pelo caminho, além, é claro, das minhas próprias mensagens. Às 16h00 participamos da missa, despedimo-nos dos ciclistas de Itobi-SP --- Valdecir, Fausto, Leandro e Cascata ---, aguardamos a chegada do Alexandre com o carro e retornamos a São Roque-SP.


Agradecemos todos aqueles que ajudaram na realização deste sonho, principalmente aos ciclistas de Itobi que estiveram conosco na maior parte do percurso e aos nossos familiares e amigos que apoiaram nossa empreitada. Obrigado Nossa Senhora Aparecida por ter olhado por nós e propiciado uma peregrinação sem qualquer acidente. Muito obrigado. Termino este relato rezando uma Ave Maria e agradecendo a graça de poder cumprir a peregrinação pelo “Caminho da Fé” ...

Clique AQUI para tomar ciência das edições anteriores e da emoção de percorrer o mais difícil Caminho de Peregrinação Ciclística que se tem noticia.