terça-feira, 29 de dezembro de 2009

2º DIA = Pomerode a Indaial - até Rodeio – Circuito do Vale Europeu – SC

Atualizado 05/01/10 (17:00)



Dados preliminares dos dois trechos percorridos em um único dia:

81,7 km percorridos
Velocidade máxima: 50,1
tempo 5:55 h
Média: 13,8 km/h

Sol às 15:00 39 graus


A fim de provar de que ao 55 anos a teimosia tomou conta do Professor Arnaldo, ele com o grupo resolve percorrer dois dias em um.

Isso, porque a galera como um todo já se considera PRÓ, apesar de os dois grupos terem objetivos diferentes. Então, está reservado para hoje, 67 km somados ao 10 km de deslocamento, a mixaria de 87 km da mais pura adrenalina e deleite.

Em tempo: apesar dos sábios conselhos do professor Helio Souza da HE Treinamento Esportivo, O Professor Arnaldo entende que pedalar é preciso, mesmo que no período de descanso, pois segundo ele, daqui a uns 30 anos, este vovozão irá abandonar o Mountain Bike e descasar até a próxima encarnação.

Cicloturismo dois em um:

Com atraso os dois grupos partiram de Pomorode com destino a Indaial e em seguida a Rodeio.

O destaque neste trecho são as pontes, começando pela charmosa ponte dos arcos, ainda em Indaial.

Uma vez na estrada, cruza-se uma ponte coberta por telhado, prática comum trazida com os primeiros imigrantes, para proteger o madeiramento.

Há também uma ponte pênsil, de uma característica impar, ou seja, piso em tabuas presas por cabos e estreita o suficiente para a passagem de um carro de cada vez. Um semáforo indica o fluxo dos veículos. Não é necessário cruzar a ponte para continuar no circuito, mas é bastante divertido fazê-lo de bicicleta e a vista do rio é muito bonita. Se estiver no meio da ponte quando o fluxo de veículos se inverter não se assuste, basta encostar a bicicleta no canto e esperar que os carros passem.

Veja agora o video da passagens dos bikers da Categoria Pró, gentilmente cedido pelo nosso companheiro Paulo Nunes (o Pato):



Seleção de fotos A:



Seleção de fotos B:



Despedida da família do meu camarada Arnaldo Fagundes de Brasilia: