sexta-feira, 2 de julho de 2010

Otávio Bulgarelli é vice-campeão de Gran Fondo na Itália

Resultado veio após ser 27º colocado no Girobio



Depois de concluir na 27ª colocação o Girobio, prova italiana com 1.277 km e nove etapas, Otávio Bulgarelli, ciclista brasileiro que defende a equipe italiana MG.K Vis Norda Pacific Whistle, foi vice-campeão da prova Gran Fondo Delle Valli Permense.

A prova foi disputada no último domingo, dia 27 de junho, na cidade de Langhirano e teve um total de 150km de extensão, com um desnível altimétrico de 2.400 metros.

O evento reuniu mais de mil ciclistas que enfrentaram um relevo bastante exigente, com a subida de quatro montanhas. Bulgarelli completou a prova com o tempo de 4h10min22s, a poucos centímetros do vencedor.

“No final da última subida, consegui fazer um bom ataque e passar sozinho no topo mas, na descida, outros cinco atletas me alcançaram. Já no fim da corrida, houve outro ataque e apenas eu e outro ciclista disputamos a chegada. No sprint, perdi por meia bicicleta”, contou Bulgarelli.

A vitória foi do italiano Michele Rezzani, da equipe Tema Giordana-Cipollini-Tuttosport, que já foi profissional e 3º colocado no mundial de Juniores.

“Subi duas vezes no pódio, na minha categoria fui o campeão e fui segundo na geral”, contou Bulgarelli, que está quase curado da dor no joelho que atrapalhou bastante o brasileiro durante o Girobio.

“Em agosto tenho muitas provas importantes e estou focado para estar finalmente 100% e fazer excelentes resultados aqui”, completou o brasileiro.

DORES DURANTE O GIROBIO
O Girobio, novo nome do Giro D’Italia Baby, é uma prova por etapas muito difícil e que testa o limite dos atletas. Dos 170 ciclistas que iniciaram a competição no dia 11 na cidade de Cairo Montenote, apenas 93 concluíram.

“Antes de começar o Giro, eu sentia dores no joelho. Pensei que não era nada grave, mas a dor me prejudicou bastante no Giro. Minha regularidade contou bastante, pois dos 170 ciclistas, eu terminei na 27ª colocação geral. Para uma primeira volta desse nível eu considero um bom resultado. Já sabia que seria difícil brigar pelos primeiros lugares na geral, por isso me arrisquei mais nas fugas e tentei fazer algum resultado em etapas. Com meu joelho doendo foi complicado para mim, mas pela situação que eu me encontrava considero positiva a minha participação”, resume Bulgarelli.

“Foi um Giro muito duro, tanto em relação ao relevo quanto ao clima, que teve muita chuva. Tivemos muita chuva em quatro etapas e muitas quedas e acidentes. Graças a Deus não tive nenhum problema e consegui terminar o Giro sem nenhum acidente”, comemorou Bulgarelli.

A competição foi realizada entre os dias 11 e 20 de junho e contou com 28 equipes de seis ciclistas cada. O público esteve sempre presente nas etapas, tanto na largada como na chegada e o evento contou com ampla divulgação de mídia, pois todos os dias um compacto da prova, com 45 minutos de duração, ia ao ar na TV RAI Sport.

RESULTADOS

1 Carlos Betancur (Col) Seleção da Colômbia – 30h27min37s
2 Edward Beltran (Col) Seleção da Colômbia – a 3:50
3 Antonio Santoro (Ita) Mastromarco Chianti Sensi Benedetti – a 5:18
4 Alessandro Stocco (Ita) U.C. Trevigiani Dynamon Bottoli – a 7:28
5 Stefano Locatelli (Ita) De Nardi Colpack Bergamasca – a 7:29
27 Otavio Bulgarelli (Bra) MGKVis Norda Pacific - a 30:10

Mais informações no site http://www.girobio.com/