segunda-feira, 25 de outubro de 2010

A prática do esporte > Por Claudia Franco

Quando nos referimos a esporte via de regra o primeiro sentimento ou pensamento que nos ocorre está ligado ao físico, ao corpo, a força.

Na minha concepção o esporte antes de estar ligado ao físico está intimamente ligado ao lado emocional, psíquico.

Quantos atletas perderam uma importante competição por não terem conseguido manter o equilíbrio emocional?

Muitas vezes times inteiros se desmoronam emocionalmente e por mais fortes e treinados que são, acabam por perder a partida.

A prática do esporte além de todo o condicionamento físico também permite ao praticante o desenvolvimento de uma mente sadia.

O esporte demanda o desenvolvimento da atenção, do foco, da vontade, do acreditar, do equilíbrio emocional.

Esta semana uma pessoa ao observar minhas atitudes em uma situação adversa do trabalho disse-me que ficava impressionada com a minha frieza ao passar por tal situação.

Esta pessoa se equivocou com o termo, na realidade não percebeu que não se tratava de frieza, ou falta de sentimento e sim de muito foco, concentração e equilíbrio.

Pratico esporte desde os 7 anos de idade. Muitos dos esportes que pratiquei e pratico são esportes que em certo grau pode colocar a vida do praticante em risco, por isto são chamados de esportes radicais.

Já passei por situações de muita dificuldade. Praticando rafting o meu bote virou em um rio de corredeira muito agressiva, fui levada pela correnteza por alguns kilometros e a força da água me jogava contra as pedras. Nesta situação e em diversas outras que enfrentei só consegui sobreviver devido ao meu controle emocional.

O pânico e/ou o desespero só o levarão para um lugar: o fracasso.

Para ter sucesso é necessário em primeiro lugar focar a sua atenção naquilo que necessita ser feito. É necessário concentrar as suas energias naquilo que o levará ao seu objetivo “continuar vivo”.
Na minha vida pessoal, profissional, o que algumas pessoas podem traduzir como frieza, na realidade estou colocando em pratica as minhas atitudes e aprendizado comportamental que tive no esporte.

Claudia Franco, paulistana, empresária, formada em administração de empresas e informática. Apaixonada por esportes e praticante desde os 7 anos de idade. Segundo ela, o que se tornou uma grande paixão foi o mountain bike que pratica há um ano.