quinta-feira, 18 de novembro de 2010

DESAFIO E SUPERAÇÃO MARCAM QUARTO DIA DA CLARO BRASIL RIDE


Competição chega em sua metade com percurso desafiante em Rio de Contas - Bahia]

17 de novembro de 2010 - Disputada ao longo da Serra das Almas entre os municípios de Rio de Contas e Livramento de Nossa Senhora, a quarta etapa da Claro Brasil Ride exigiu grande habilidade técnica e física dos competidores em virtude da quilometragem acumulada até agora, somando mais de 450 km percorridos.

A etapa prometia ser a mais dura de todas devido a variação altimétrica e também ao tipo de piso, passando de arenoso e lama a trechos de pedra solta. Os competidores ainda atingiram a maior cota de toda a prova chegando a aproximadamente 1500m
de altitude quando cruzando o topo das montanhas num empurra-bike de 800m.

"Foi muito bom correr um pouco a pé. A etapa foi muito bonita, desafiante, porém mais fácil do que prevíamos", contou Jennifer Smith, esposa de Brian que seguem líderes da competição na categoria mista com mais de 30 minutos de vantagem sobre a
equipe da Suíça. A melhor posição brasileira nesta categoria é a 5ª colocação com Adriana Nascimento e Rogério Pires.

"O destaque do dia foi presenciar a garra do Adauto Belli (deficiente visual que compete em bicicleta tandem - dois lugares), que após o abandono da parceira Daniela Lemke, seguiu na prova com Weimar Pettengill. Eles conseguiram fazer toda etapa a frente de muitos competidores", comentou Mário Roma, organizador do evento. Outro acontecimento importante é que mesmo tantos quilômetros percorridos em 4 dias e pelas condições adversas causada pela chuva, apenas uma queda mais grave registrada é um verdadeiro recorde e demonstra todo empenho da organização em proporcionar o melhor para os atletas.

No pelotão masculino a disputa foi novamente intensa, com velocidade alta do início ao fim. “Ficamos preocupados com os avisos sobre a dificuldade técnica, por isso fomos bem cautelosos, já que não somos tão habilidosos como a equipe da Suíça.
Mas não foi tão ruim quanto pensamos. Estamos felizes, conseguimos mais uma vitória em uma etapa, creio que confirmamos o favoritismo e temos uma boa vantagem para os próximos estágios, assim não precisamos atacar e apenas nos defender isso, e fugir de problemas mecânicos", celebrou Kristian Hynek, da equipe Free Cycling/Factor Bike, da República Tcheca que abriu 17:46 minutos de vantagem sobre o segundo colocado.

O destaque do Brasil foi a equipe Moda Cup de Raphael Mesquita e Cícero Silva que terminaram em Top 7 geral, após um um dia ruim da dupla dos catarinense Ricardo Pscheidt e Gilberto Goes, que ainda assim permanecem em Top 3 no masculino. "Tivemos dois pneus furados e ainda não consegui me recuperar da febre", comentou Pscheidt. Outra equipe brasileira também teve problemas e não largou. A dupla Odair Pereira e Edivando Cruz foi obrigado a abandonar a prova, depois que Vando sofreu uma contratura muscular no dia anterior, agravada por uma queda na etapa.

O momento mais bonito da prova foi na altura do Km 85, já no município de Livramento de Nossa Senhora, quando os competidores retornaram a Rio de Contas por 9 Km em estrada asfaltada com o belíssimo visual da Cachoeira do Brumado.

"Hoje conseguimos aproveitar e também curtir a bela paisagem que tínhamos a nossa volta. Fiquei com vontade de mergulhar naquela cachoeira", comentou Celina Carpinteito, líder isolada ao lado de Ivonne Kraft na categoria feminina. A grande disputa está para o segundo lugar entre a dupla brasileira, Julyana Machado / Janildes Fernandes, e Lorenza Menepace e Sandra Araujo, já que a diferença é de apenas 2 minutos após mais de 450 km de prova.

Na categoria Master a dupla brasileira Abraão Azevedo / Plínio Souza segue com domínio absoluto, com mais de uma hora de vantagem sobre os espanhóis, Ceballos Gonzalles e Pedro Prats. "Hoje a dupla mostrou que tem muita raça. O Plínio quebrou o selim e fez de tudo para chegar até o fim", comentou Abraão. "Ele é um verdadeiro professor, ele tem muita experiência,
apesar de conhecê-lo a pouco tempo, tenho aprendido muito", completou Plínio.

A prova entra na reta final com a quinta etapa de 135km que retorna a Mucugê/BA, tendo 1.750 metros de altimetria.

Resultados completos pelo site
www.clarobrasilride.com