segunda-feira, 15 de novembro de 2010

Picheidt e Góis conquistam a 3a. colocação entre os brasileiros na Claro Brasil Ride

Atenção:Devido a dificuldades de velocidade da INTERNET local, fotos, entrevistas e vídeos até a noite desta quarta-feira. Ultima autalização: 14:30
Na Máster, Abraão Azevedo e Plinio Souza vencem com categoria e sofrimento, pois a chuvarada não deu trégua em nenhum momento. Várias duplas do Brasil estão muito bem colocadas.

Etapa entre Mucugê e Rio de Contas com 140 km de extensão testa a resistência dos ciclistas na Bahia
15 de novembro 2010 – “Mais do que uma corrida, uma etapa da sua vida”, o slogan da Claro Brasil Ride não poderia ser mais apropriado para descrever a segunda etapa da ultramaratona de mountain bike, que começou em Mucugê/BA e segue até a sexta -feira dia 19 de novembro.

A chuva deixou o percurso ainda desafiante e, sem dúvida, marcou a vida dos competidores que consideram a mais dura de todos os tempos.

“É um desafio inédito para todos, pois acredito que 99% dos competidores nunca pedalaram essa distância de 140km de MTB”, revelou Mário Roma, organizador e atleta de ultramaratona que assumiu ter pedalado essa distância apenas duas vezes na vida em provas internacionais.

“Foi uma prova extremamente dura, pois além da alta quilometragem havia muito singletrack, subidas duras e muito empurra bike devido aos trechos escorregadios pela chuva,” declarou Ricardo Pscheidt, tricampeão brasileiro de cross country que conquistou um excelente 3º lugar no pódio na classificação geral ao lado do conterrâneo Gilberto Goes.

Os brasileiros da equipe Jamis Crankbrothers pedalaram forte, chegaram a liderar, mas depois foram alcançados pelos estrangeiros, Robert Novotny e Kristan Hynek, que sagraram-se os grandes campeões do dia, seguido pelos suíços Martin Gujan e Cristof Bischop.

Os líderes da competição, Andy Eyring e Lukas Kaufmann que vestiram a camisa amarela no prólogo no dia anterior tiveram problemas mecânicos e perderam mais de 30 minutos no ponto de apoio em Piatã/BA, com cerca de 70km de prova.

O Brasil foi destaque também com a vitória na categoria Máster com a dupla Abraão Azevedo e Plínio Souza que mantiveram a camisa azul de líder.
“O pessoal saiu com um ritmo muito forte. Tentamos manter no pelotão da frente e se beneficiar do grupo. Na primeira subida conseguimos abrir um pouco e fizemos um bom tempo. Amanhã é administrar”, comentou Abraão.

Na categoria feminino, a alemã Ivonne Kraft e a portuguesa Celina Carpinteiro também confirmaram o favoritismo. Na categoria mista, o casal Brian e Jennifer Smith brilhou novamente e abriu quase 3 minutos de vantagem sobre a dupla dos Estados Unidos, Jeff Kerkove e Sonya Looney.

A terceira etapa da Claro Brasil Ride será pelos arredores do município de Rio de Contas/BA, com percurso de 85km e 1746 metros de altimetria.

Claro Brasil Ride tem o patrocínio da CLARO, MITSUBISHI MOTORS, SHIMANO e TAP PORTUGAL.

Resultados completos pelo site
http://clarobrasilride.com.br/site/Home