quinta-feira, 14 de abril de 2011

CRIS SILVA e o X TERRA: Foi na raça e na valentia!

A atleta Cris Silva, relata sua epopeia na 1ª Etapa do XTERRA em Ipatinga nas Minas Gerais. Esta pujante guerreira, largou na categoria elite feminina com aproximadamente 13 meninas, sendo que o percurso era de 45 km, com uma serra de 12 km logo após a largada, com 950 m de ascensão e várias outras subidas durante o trajeto. Do km 35 aos 40 se apresentava uma parte muito técnica na qual juntamente com a chuva que caiu na hora da largada, ajudou o percurso a ficar um pouco mais difícil do que já era.

Logo no inicio da prova assumi a primeira posição e coloquei meu ritmo para tentar abrir o máximo possível na subida.

Como eu tinha analisado a altimetria do percurso antes, constatei que havia uma parte de Downhil e tendo em vista que não realizo treinos de MTB, essa parte do percurso, a qual exige muita técnica, não me favorecia em nada. Assim, abri um pouco das outras meninas de minha categoria e fui no meu ritmo.

Quando chegou a parte do Downhil, a situação era um pouco pior do que eu pensava, além da descida íngreme, a mesma tinha várias e várias valas, exigindo ainda mais da pilotagem. Então, tive que descer algumas vezes da bike, perdendo assim, bastante tempo, além de ter que descer da bike, pois a lama impedia que eu encaixasse a sapatilha no pedal fazendo com que terminasse a prova com o pé desencaixado.

Quando passamos por um rio, faltando aproximadamente 6 km para o termino da competição, avistei a segunda colocada na prova até o momento: a Manuela Vilaseca do Rio de janeiro.

Apertei um pouco mais meu passo, mas sabia que ainda tinha uma descida forte para a chegada e foi exatamente o que aconteceu. Faltando 4 km para a chegada, a Manuela me ultrapassou; tentei ainda segui-la, mas não tive sucesso.

Fiquei em 2º lugar na prova com o tempo de 02:13:49, 7 segundos atrás de Manuela que conquistou o 1º lugar, com o tempo 02:13:36. Em 3º lugar ficou a neozelandesa Jennifer Smith, em 4º lugar Liége da Silva Walter e em 5º lugar Márcia Helena de Paula Matos.

Mesmo passando pela "frustração" de ter liderado a maior parte da prova e perder a primeira colocação a 4 km da chegada, fiquei muito feliz com meu resultado, tendo em vista que o MTB não é minha especialidade, pois realizo meus treinos apenas no speed e pego a mountain bike apenas para competir.

Minha especialidade é speed e as provas de mtb acabam sendo um grande treino de luxo para mim. Para ir disputar estas provas de MTB conto com o apoio da loja de bike BC Ciclismo e da marca de bikes SCOTT.Em meu calendário, como próximas competições tenho:

SPEED
24/04 - Copa noroeste - ribeirão preto
01/05 - 72ª Prova Ciclística 1º de maio / GP Ayrton Senna - Indaiatuba
22/05 - Copa VO2 - Campos do Jordão

MTB
15/05 - 2ª etapa do BigBiker - São luís do Paraitinga