sexta-feira, 22 de julho de 2011

Definidas as campeãs no Mundial Máster de Mountain Bike

Vídeos no AR! Em breve Fotos INCRÍVEIS!
Atletas da Venezuela, Suécia e Noruega faturam o ouro no XCO

As primeiras campeãs mundiais de mountain bike máster foram conhecidas nessa sexta-feira, dia 22 de julho, em Balneário Camboriú.

O primeiro título mundial foi para a norueguesa Gjertrud Boe, de 49 anos. Medalhista de prata no ano passado, a atleta retornou ao Brasil para disputar o título e não decepcionou. Gjertrud é professora de educação física numa cidade próxima a Oslo e dominou a prova de início ao fim e completou uma volta no circuito de 4.100 metros em 40min59s.

“No ano passado eu estava liderando, mas senti fortes caimbas no final e perdi a liderança na última volta. Gostei muito do novo traçado da pista, agora tem mais trilhas e está menos dura”, contou a dona da primeira medalha de ouro em Balneário Camboriú.

Na categoria 30-34 anos, a medalha de ouro ficou com a venezuelana Arianna Tucci Ron, de 32 anos, que no ano passado foi bronze em Camboriú. A atleta completou as duas voltas em 1h07min36s.

Arianna, historiadora que vive na cidade de Mérida, teve a difícil missão de superar a argentina Agustina Maria Apaza, atual campeão mundial que terminou com a medalha de prata, 2min30s atrás da venezuelana.

“Tenho mais de 10 anos de mountain bike profissional e finalmente conquistei esse título. Dediquei-me muito para essa medalha. A pista está diferente e, por estar molhada, exigiu um grande esforço dos atletas”, comemorou com lágrimas nos olhos a campeã.

Na categoria 35-46 anos, a vitória foi da sueca Petra Lennartsdotter, de 41 anos, que dominou a corrida do início ao fim e venceu com quase quatro minutos de vantagem sobre a segunda colocada. Petra completou as duas voltas em 1h14min12s.

“Já disputei Mundiais em duas outras ocasiões. Essa é minha primeira vez no Brasil e estou simplesmente amando. Nunca estive num lugar onde as pessoas fossem tão amigáveis e simpáticas. Certamente estarei aqui no ano que vem. A pista é muito exigente, especialmente nos trechos de areia na praia”, contou a atleta que é economista e trabalha para uma instituição financeira na Alemanha.

Em 2001, Petra sofreu um acidente e ficou paralisada durante seis meses. “Poder andar já foi uma vitória, vencer um Mundial então é sem palavras”, concluiu.

CATEGORIA 30-34 – 2 voltas
OURO – Arianna Tucci Ron – Venezuela – 1h07min36s
PRATA - Agustina Maria Apaza – Argentina – 1h09min06s
BRONZE – Graciela Vargas – Argentina – 1h16min10s

CATEGORIA 35-46 – 2 voltas
OURO - Petra Lennartsdotter – Suécia - 1h14min12s
PRATA – Jacqueline Brugnoli – Argentina - 1h16min07s
BRONZE – Yanis H. Quintero – Venezuela – 1h21min27s

CATEGORIA - 47-59 – 1 volta
OURO – Gjertrud Boe – Noruega - 40min59s
PRATA – Miriam G. Barcelona – Argentina – 48min09s
BRONZE – Sherly Diaz – Venezuela – 50min06s

Na tarde dessa sexta-feira os treinos classificatórios de downhill (Qualify) começam às 14 horas e terminam às 17 horas.

Nesse sábado, dia 23 de julho, a programação do Campeonato Mundial Máster de Mountain Bike tem início às 8h30 com as provas de cross country nas categorias 45-49 e 50-54 anos. As finais de todas as categorias de downhill serão disputadas entre 14h e 16 horas.

Mais informações no site www.ciclismosc.com.br

Agito da galera em Balneário Camboriú - SC



VÍDEOS
Final Feminino Concentração e largada Campeonato Mundial Master XCO 2011 Balneário Camboriú SC


PERCURSO Final Feminino Campeonato Mundial Master XCO 2011 Balneário Camboriú SC



CHEGADA Final Feminino Campeonato Mundial Master XCO 2011 Balneário Camboriú SC




Para esta Cobertura Especial, a "Nóis na Fita A TV" e o Blog do Professor Arnaldo conta com o apoio da FCC e da SHIMANO LATIN AMÉRICA