sábado, 3 de setembro de 2011

Luiz Henrique Cocuzzi: Uma das esperanças do Brasil no Mundial de Mountain Bike

Por: Maurico A. Brandão

Luiz Henrique, do Lar Nossa Senhora Aparecida, chegou aproximadamente uma semana antes da prova e treinou forte todos os dias.

Estava andando muito bem, conseguindo excelentes tempos de volta, mas a pista estava seca, temperatura ótima, clima bom. Bem, o clima conta com a mão de Deus, e caiu uma tempestade enorme na noite anterior à prova, e a pista ficou muito escorregadia.

Raízes e pedras molhadas tornaram-se extremamente lisas, a terra preta era um sabonete.

Na largada, conforme pode ser visto ao fundo direito da foto, Luiz Henrique largou bem.


Ao final do start-loop ele estava em décimo, no meio do pelotão principal e a frente do Campeão da Copa do Mundo de MTB XC - Anton Cooper (New Zealand), que completou o start-loop em décimo-terceiro.

Mas o terreno estava muito liso, um circuito que no seco já é desafiador tecnicamente, com a chuva tornou-se um desafio de equilíbrio. Quase todos os bikers caíram ao menos uma vez durante a prova, caíam e levantavam em geral.


Luiz Henrique sofreu alguns pequenos tombos, voltava a levantar e a buscar. Perdeu contato com o primeiro pelotão após o tombo, mas voltou a persegui-los, até que um tombo mais forte provocou uma dor mais profunda que o impossibilitou de competir.

Apesar de decepcionado com o resultado, nos treinos e na primeira volta, ele provou que tem condições físicas e técnicas de andar com os melhores bikers do mundo, embora como todo ciclista e todo ser humano reconheça que também erra e errou na prova e na véspera da prova.

Luiz Henrique ao final do dia reconhecia que o seu técnico-pai tinha razão quando recomendou que trocasse o pneu antes da prova, o que não fez, e é que o leva a se desculpar agora com todos o apoiaram.

Luiz Henrique levou à Europa sua bicicleta de speed e está pronto para participar do Mundial de Ciclismo, que acontecerá na Dinamarca, só está esperando a confirmação de sua inscrição por parte da Confederação Brasileira de Ciclismo, apenas isto.

Todas as despesas estão são cobertas pela rifa que está sendo vendida de uma motocicleta pertencente ao Lar Nossa Senhora Aparecida e mais algum apoio extra de amigos.

Na Suíça os dois Cocuzzi alugaram um quarto na casa de uma senhora suíça, onde também podiam cozinhar.


Da Confederação Brasileira de Ciclismo receberam para o Campeonato Mundial de MTB a inscrição e o uniforme.

Para o Mundial de Speed também estão solicitando que a CBC os apoie ao menos realizando a inscrição.

Cabe aqui lembrar que no ano passado Luiz Henrique esteve durante quase dois meses treinando na sede da UCI, na Suíca, treinando forte de speed. Os técnicos do Centro de Treinamento por diversas vezes insistiram para que ele corresse nesta modalidade, inclusive brincavam ao chamá-lo de "Contador" - ele realizou durante os meses de treinamento várias provas-treino de estrada com vitória, e vem voltando a treinar de estrada, já que em julho de 2011 ficou em segundo lugar na Prova 9 de Julho, na categoria Júnior, chegando apenas uma roda atrás do primeiro colocado.


Luiz Henrique agradece mais uma vez o apoio recebido, desculpa-se e promete empenho, muito empenho ainda a todos."

Para colaborar e ajudar na carreira de Luiz Henrique Cocuzzi e saber mais sobre esse jovem talento brasileiro acesse Lar Bike Notícias