domingo, 18 de dezembro de 2011

Edivando de Souza Cruz fala sobre sua temporada e sobre os objetivos para 2012

Para Edivando de Souza Cruz 2011 foi uma temporada inesquecível, foi um ano de muitas conquistas, mas também de muito aprendizado e superação.

Tendo iniciado os treinos a temporada com atraso por ter me machucado no fim de 2010, ter retomado a forma e fazer parte da seleção brasileira de XCO nas principais provas da temporada, como o Pan de MTB na Colômbia, o Mundial na Suíça e por fim ter conquistado a vaga nos Jogos Panamericanos foram para mim grandes conquistas na temporada.

Temos hoje um bom numero de atletas na disputas nas principais competições do país e muitos tem voltado o foco ao Cross Country por ser a modalidade Olímpica, quem sonha e fazer parte da seleção precisa de foco, tanto no calendário, como nos treinos mais específicos, o Cross Country se tornou uma modalidade mais técnica e explosiva nos últimos anos e é preciso se atualizar como piloto também incluindo novas técnicas de treinos ao longo de cada temporada.

Equipe Scott-Fittipaldi
Este foi o ano do inicio do Projeto Scott-Fittipaldi, Christian Fittipaldi com experiência nas pistas de corridas de carros vaio para somar na nossa modalidade e junto de nossos patrocinadores Scott/Vzan/Proshock foi dado inicio a um projeto de médio longo prazo, pensando principalmente no Rio em 2016, também outras marcas vieram para somar como patrocinadores e apoiadores do Projeto, como a Cateye, Fizik, Continental e Crank Brothers, também conto com a assessoria da HE treinamento Esportivo.
Família

Um acontecimento muito especial nesta temporada foi também o nascimento da minha filha em Fevereiro, meu filho hoje já irá fazer 8 anos, a família é um grande presente de Deus e uma fonte de inspiração e motivação do meu trabalho.

Conquistas:
Neste ano vai ficar marcado na minha memória a vitória na primeira etapa do Circuito XC de Favelas no inicio do ano, foi uma prova sem igual.



Outra prova que me motivou muito, foi ter vencido a 2º etapa da CIMTB em São Lourenço, prova onde me colocou na liderança do campeonato e da disputa da vaga para os Jogos Pan do México.



 O Vice Brasileiro que até hoje foi umas das disputas mais acirradas que já tive nas pistas com o Rubinho, ele venceu com pouco mais de 20 segundos, mas foi uma prova marcante.



A participação no Mundial em Champéry, considerada a pista mais dura do circuito internacional foi um grande aprendizado para mim e para a delegação, as pistas de XCO  internacional tem surpreendido a cada ano e novas técnicas tem sido incluída nas pistas de XCO, com as de DH, BMX e Pump Track, em geral tem que usar muito a técnica de pilotagem além de força e resistência e para finalizar a 6º colocação nos Jogos Panamericanos, uma prova que reuniu grandes nomes do MTB das Américas e com um circuito numa altitude acima dos 2000 metros foi um grande desafio e lutei firme até o final, a medalha não veio, mas sai de lá consciente de ter feito o meu melhor.

Objetivos 2012
Como nos últimos anos meu foco no XCO continua, também este é o objetivo da equipe Scott-Fittipaldi, com isso pensar em disputar mais uma Olimpíada (fui representante em Atenas 2004) de Londres é um grande sonho, mas o Brasil ainda não tem a vaga garantida, no momento Rubens Donizete, eu e o Henrique Avancini estamos pontuando para o Brasil no Ranking de nações e até Maio de 2012 todas as provas UCI de XCO contam pontos para classificação, somente os três melhores de cada nação pontuam para o país, e isso acaba se tornando uma grande responsabilidade par nós atletas neste momento, é preciso foco na modalidade e nas principais provas da temporada, para que o Brasil tenha um representante em Londres, no mais competir em provas internacionais com o Pan e Mundial são muito importantes, são provas que contam muitos pontos no ranking e o contato também com estes eventos é uma constante atualização do que está acontecendo no MTB mundial

Agradecimentos
Quero agradecer a toda minha equipe, patrocinadores, apoiadores, amigos, torcedores, a colaboração de cada um conta em cada momento, seja em momentos bons ou em momentos ruins, estar acompanhado é sempre melhor e se torna mais fácil vencer o desafios, agradeço a Deus por tudo.