terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

Giro do Interior de São Paulo divulga programação de 16 a 19 de março

Prova terá prólogo e mais três etapas de 16 a 19 de março em Barra Bonita
Fotos de Ivan Storti

A quinta edição do Giro Internacional do Interior de São Paulo divulgou a programação das etapas. A corrida tem início no dia 16 e termina no dia 19 de março. O evento terá como sede a Estância Turística de Barra Bonita, a 278 km de São Paulo, e será disputada em um prólogo e mais três etapas, com aproximadamente 350 quilômetros de percurso total. A prova conta pontos Classe 2 - pontuação máxima - no ranking brasileiro de ciclismo.

As inscrições estão abertas para atletas das categorias Elite e Sub-23 e podem ser feitas diretamente no site oficial do evento www.girodointerior.com.br até o dia 6 de março.

André Pulini, de 32 anos, ciclista da equipe UAC/São Lucas/Ciclo Ravena/Giant e organizador do evento, espera pelo menos 15 times e mais de cem atletas. Cada equipe pode ter de quatro a sete ciclistas.
Já estão confirmadas as equipes paulistas UAC/São Lucas/Ciclo Ravena/Giant, de Americana, GRCE Memorial/Prefeitura de Santos, UCI-Iracemápolis-Centro de Excelência, São Francisco Saúde/Powerade/KHS, de Ribeirão Preto, VZan/DKS/Refactor/Maxxis/Calypso, de São Caetano, Funvic/Marcondes Cesar/Gelog, de Pindamonhangaba e a equipe local DME/Hotel Turi/Maria do Bimbo/Peraçoli Magazine/Stok Motos.

"O Giro do Interior de SP é uma prova em que equipes têm como objetivo andar bem, já que o evento abre a temporada de voltas no Brasil. As características da corrida nivelam praticamente todas as equipes por igual, dando chances reais para que todos os times lutem por um lugar no pódio", conta Pulini, que no ano passado foi vice-campeão da terceira etapa e vem treinando com dedicação para a corrida. Pulini foi o quarto colocado geral em 2010 e o quinto na primeira edição de 2008.

O Giro Internacional do Interior de São Paulo é uma realização da Prefeitura da Estância Turística de Barra Bonita, com apoio da Federação Paulista de Ciclismo, e supervisão da Confederação Brasileira de Ciclismo.

A corrida começa na tarde do dia 16 de março com um prólogo de 1.100 metros, com largada e chegada em frente à antiga rodoviária. O trajeto escolhido é a Avenida Pedro Ometto, bem no centro de Barra Bonita, ao lado do Rio Tietê. A concentração será a partir das 17h30, com largada às 18h30 e previsão de término para as 19h30.

"Estou certo de que teremos um ótimo evento como nos outros anos. O Giro do Interior de São Paulo reflete bem a força que o ciclismo paulista no cenário nacional. Esse ano, teremos os Jogos Olímpicos e o evento aqui em Barra Bonita serve como seletiva para que a equipe brasileira seja formada. Teremos a presença do técnico da Seleção Brasileira, o Hernandes Quadri Júnior, que com sua experiência e participações em Barcelona-92 e Atlanta-96, estará observando tudo o que acontece", conclui Pulini.

PROGRAMAÇÃO

16/03 – 18h30 – Prólogo – Contrarrelógio - 1.100 metros
17/03 - 10h – Etapa 1 – Barra Bonita-Agudos-Horto-Barra Bonita - 160km
18/03 – 9h30 - Etapa 2 - Itapuí-Bocaina-Guarapuã-Bocaina-Itapuí - 120km
19/03 - 10h – Etapa 3 - Circuito em Barra Bonita - 70km

HISTÓRIA DA PROVA

O Giro do Interior de São Paulo foi disputado pela primeira vez em 2008 com 70 ciclistas. No ano seguinte ganhou mais volume e reuniu 90 competidores. O bom trabalho dos organizadores garantiu ao evento o convite da CBC (Confederação Brasileira de Ciclismo) para subir de classe e se tornar internacional.

Ao todo, mais de 70 pessoas vão trabalhar no evento. Uma corrida como o Giro do Interior de SP envolve comissários internacionais e nacionais, policiais batedores em motos, policiais militares e rodoviários, agentes do DER, funcionários da Concessionária Rodovias do Tietê, montadores de estrutura e jornalistas de diversos veículos.

RELEVO DESAFIADOR

A competição vai passar por estradas vicinais com bom piso e por avenidas de Barra Bonita, e de cidades vizinhas como Itapuí, Guarapuã, Agudos, Macatuba, Borebi e Bocaina.

O Giro do Interior de São Paulo tem como principal característica as etapas disputadas num terreno conhecido no jargão ciclístico como “rompe pernas”, ou seja, as disputas na estrada serão num relevo do tipo sobe e desce. Embora não haja serras longas, a alternância contínua de subidas e descidas é um complicador para o pelotão.

“É uma prova com subidas, mas não é necessário ser escalador para vencer. É uma prova para aqueles que estão em boa forma física. São subidas curtas que exigem muita força. Há subidas duras antes das chegadas e o pelotão costuma se quebrar. Há também o vento lateral, que sopra forte em algumas etapas e complica a vida de todos”, explicou André Pulini.

SOBRE BARRA BONITA

Desde 1964, a cidade ostenta o título de “Cidade Simpatia” e atualmente conta com pouco mais de 35 mil habitantes (Censo IBGE 2005).
Rodeada por gigantescas plantações de cana-de-açúcar, a Estância Turística de Barra Bonita foi fundada em 1883 e fica a 278 km da capital São Paulo.

Entre os principais atrativos turísticos da cidade está a Eclusa de Barra Bonita, que foi a primeira da América do Sul a ser explorada turisticamente. Eclusa é uma espécie de elevador para grandes embarcações. A de Barra Bonita tem 142 metros de comprimento, 12 metros de largura e 25 metros de desnível.

A quinta edição do Giro Internacional do Interior de São Paulo tem o patrocínio Estância Turística de Barra Bonita, Prefeitura Municipal de Itapuí, VZan Rodas e Acessórios, conta com o apoio da Federação Paulista de Ciclismo, DER (Departamento de Estradas de Rodagem), Polícia Militar e Polícia Militar Rodoviária de São Paulo, Prefeituras Municipais de Macatuba, Bocaina, Borebi e Agudos, Super Stok, ERT Camisetas de Ciclismo, BM Press Assessoria de Imprensa e Ponto Final. O evento tem a supervisão da Federação Paulista de Ciclismo e da Confederação Brasileira de Ciclismo.

Mais informações no site www.girodointerior.com.br