sábado, 3 de março de 2012

CBC define Calendário em busca da Vaga Olímpica na disciplina de Mountain Bike

Seleção fará estréia dia 26 de fevereiro na Fecha Copa
 Nacional realizada na Costa Rica
A Confederação Brasileira de Ciclismo definiu a sua delegação e corpo técnico, sob o comando de Ruy Avancini, que estará desenvolvendo um trabalho especifico para a conquista da vaga olímpica na disciplina do Mountain Bike Masculino.
- Será um grande prazer fazer parte do corpo técnico do MTB na seleção, ainda mais na busca pela tão desejada vaga olímpica. A CBC definiu previamente o critério de formação de uma pré-seleção e posteriormente me nomeou diretor técnico para coordenação do projeto - comentou Ruy.

Com o objetivo de priorizar a classificação brasileira para Londres, a CBC por meio do seu departamento de alto rendimento em conjunto com a comissão técnica do MTB, decidiram adotar o critério de concentrar todos os esforços nos três atletas que atualmente melhor estão classificados no ranking da União Ciclística Internacional (UCI), tendo reais condições de conquistar a pontuação necessária para uma vaga olímpica.
Desta forma, o calendário com as competições necessárias foi definido, e os atletas que integrarão este projeto serão: Rubens Donizete Valeriano, Henrique Avancini e Edivando Souza Cruz.
Esta será uma grande responsabilidade aos atletas e comissão técnica, onde a CBC disponibilizara todo o apoio necessário para o sucesso do projeto.
- Fizemos uma análise matemática da atual posição do Brasil e do quanto necessitamos para garantirmos a vaga em Londres. Após esse estudo detalhado chegamos à conclusão que só seria possível esta conquista se concentrássemos todos os esforços nesses três atletas divulgados. A seleção participará de um cronograma de provas especificas até o dia 23 de maio, quando será encerrado o processo de classificação dos países para as Olimpíadas – destacou o técnico.
Todos os atletas envolvidos neste projeto foram comunicados e já estão se preparando para a maratona de competições e viagens onde representarão a seleção, cientes do comprometimento perante o Brasil, onde o objetivo principal é o coletivo antes do individual. O ciclista que representará o país nos Jogos Olímpicos, em caso de obtenção da vaga, será aquele que obtiver a maior pontuação no ranking UCI, ou seja, nas provas do calendário que foi estabelecido.
- Tenho grande esperança e acredito que desta forma vamos conseguir classificar nosso país e preparar da melhor maneira o atleta que for nos representar. Quero parabenizar a CBC pelo grande trabalho nesse projeto, aonde vem demonstrando toda sua seriedade, sem medir esforços para conquistar esta classificação olímpica para o Brasil - concluiu Ruy Avancini.
Para a conquista da pontuação, os atletas da pré-seleção se submeterão ao seguinte calendário:
26/02 - Fecha Copa Nacional / Costa Rica / Classe 1
11/03 - Taça Brasil / Curitiba / Classe 2
18/03 - Medalla Light Challenge / Porto Rico / Classe 1
25/03 - Copa Internacional / Araxá / Classe 1
08/04 - Campeonato Pan-americano / México / Classe Continental
22/04 - Portugal Cup / Portugal / Classe 1
06/05 - Copa Internacional / São Lourenço / Classe 1
20/05 - Taça Brasil / Rio de Janeiro / Classe 2
No total serão oito competições, sendo quatro delas disputadas no exterior e outras quatro dentro do Brasil com o incentivo da torcida brasileira.
Feminino
Sobre a classificação na categoria feminina, a CBC realizou uma análise criteriosa e acabou concluindo que não seria possível alcançar a pontuação necessária para a classificação olímpica, uma vez que as atletas deveriam aumentar o rendimento da pontuação em quase 100% no curto período de 4 meses, para que desta forma fosse recuperada a grande diferença dos 20 meses de classificação já ultrapassados.
ASSESSORIA DE IMPRENSA
CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE CICLISMO