terça-feira, 13 de março de 2012

Emocionante a 1ª Etapa da Taça Brasil em Campo Largo segundo Edivando Cruz

1ª Etapa da Taça Brasil em Campo Largo - PR
Prova UCI Classe 2 XCO
Edivando de Souza Cruz, da Scott-Fittipaldi, um dos melhores pilotos de Mountain Bike da atualidade, conta detalhes de sua excelente 3ª colocação na 1ª etapa da Taça Brasil em Campo Largo no Paraná, competição que aconteceu, neste fim de semana, 11 de março.

Prova emocionante no fim de semana!
A competição contou pontos no ranking internacional e é de grande importância para nós brasileiros nesta reta final da classificação olímpica para Londres que termina em Maio.

Cheguei em Campo Largo na Sexta-feira e fui fazer os treinos na pista, me senti muito bem no circuito que é repleto de trilhas e tem também um trecho mais longo de subida com um single track cheio de obstaculas, estava com minha bike nova Scale RC e senti a bike rápida na pista.

No dia da prova, tudo pronto para largada e no inicio da competição me coloquei bem e entrei na primeira trilha em 4º lugar do meio pro final da primeira volta eu estava em 3º e fui encostando nos ponteiros, Rubens Donizete e Henrique Avancini, mas na parte mais alta da pista escutei um barulho e o pneu começou a esvaziar, pareceu que algo entrou pneu e no momento pensei bem rápido e resolvi seguir com o pneus vazio mesmo, pois no fim da descida estava o apoio técnico eu poderia trocar a roda, tive que descer com cautela e perdi algumas colocações, no apoio o Odair (chefe da equipe) já estava com a roda preparada e fizemos a troca.
Voltei para competição acho que em 8º, e só tinha agora quatro voltas pela frente, procurei me concentrar e pensei muito na importância dos pontos na prova. Cada posição que eu ia passando foi me motivando mais, e faltando duas voltas eu estava em 5º, o nível da prova estava bem alto, pois vários nomes fortes do Cross Country estavam na prova.

Fui persistente e no inicio da última volta assumi a terceira posição e segui firme no ritmo até o final, chegando bem próximo do segundo, o Henrique Avancini,  sendo que Rubens Donizete Valeriano chegou em primeiro.

Fiquei muito contente com o desempenho, tanto meu, quanto da bike. O que aconteceu infelizmente é algo que pode acontecer, mas é preciso estar preparado para tudo, estou com um bom preparo físico e é importante pensar pra frente agora, o ponto de apoio técnico é fundamental no Cross Country é como estarmos numa corrida de carro, cada segundo conta, agradeço a torcida na prova o pessoal que estava assistindo estava me incentivando muito vendo a prova de recuperação.


Bike 2012 – Scott Scale RC 2012 – Rodas Vzan Everest Carbon, Proshock Onix, Pneus Continental, Crank Brothers, Fizik.
A organização da prova está de parabéns, o circuito tem um ótimo nível técnico e tem um visual bem legal e interessante também para quem está assistindo a prova.

Resultados:
1- Rubens Donizete 1:29,01
2- Henrique Avancini 1:29,37
3- Edivando de Souza Cruz 1:29,40
4- Daniel Carneiro Brum 1:29,48
5- Ricardo Pscheidt 1:29,50
6- Thiago Aroeira 1:33,33
7- Marcelo Candido 1:36,42
8- Daniel Davalari 1:36,42
9- Gustavo Santos 1:37,12
10-Gilberto Goes 1:38,02
Com está colocação mais pontos foram contabilizados para o país no ranking de nações e n próxima semana o desafio será no Chile onde irei com seleção para uma prova classe 2 em Nevados de Chilan, depois de volta ao Brasil é seguir para Araxá para disputar a 1ª etapa da CIMTB que contas pontos na Classe 1 XCO do ranking UCI (União Ciclística Internacional).

Edivando de Souza Cruz