sexta-feira, 30 de novembro de 2012

Paratleta sonha alto e planeja entrar na história do esporte brasileiro


Jogos Paralímpicos

                Os Jogos Paralímpicos de 2016, que acontecerão no Rio de Janeiro, serão palco de algumas estreias. Uma delas será o paratriatlo, que pela primeira vez fará parte do programa da competição. Com ótimos resultados nas duas últimas temporadas, o jovem Tiago dos Santos garante: está na luta para representar o Brasil na maior competição do esporte mundial.
                “Quero muito fazer parte desta equipe e buscar a medalha olímpica, que é o sonho maior de todo paratleta. Estou centrado neste objetivo, começando a partir de já, com todas as avaliações e planejamentos com foco maior nas Paralímpiadas”, disse o atleta, que é patrocinado pela brasileira ProShock.


                Sem os movimentos do braço direito desde 2003, após um acidente de moto, Tiago sabe que ser o primeiro atleta a representar o Brasil no paratriatlo olímpico não será tarefa das mais fáceis: os dois melhores colocados no ranking nacional da classe TRI4, da qual Tiago faz parte, irão representar o Brasil. Participam desta classe atletas com limitações nos braços.

                Embora o que vale para a classificação seja o ranking no final de 2015, a avaliação começa já a partir de 2013, com diversas competições que valem pontos.

                “Por isso já montei um projeto no qual estou me preparando com uma equipe multidisciplinar, com fisioterapeuta, psicólogo, nutricionista, fisiologista e meus técnicos”, explicou o atleta ProShock.

                Cross triatlo – Como parte de sua preparação, Tiago também treina e disputa competições de MTB, XTerra e duatlo cross. Segundo ele, estas modalidades o ajudam muito durante as provas de paratriatlo.

                “Competições em trilhas são minhas paixões, tanto que comecei no mountain bike. Devido à maior dificuldade em relação a esforços e variações de terreno, essas competições me ajudam a ganhar força e resistência para poder fazer uma prova rápida e intensa – que é exigido no paratriatlo”, explicou.

                Apoio – Tiago conta com o patrocínio da ProShock desde o início de 2010. Durante todo esse tempo, ele lembra que conquistou diversos títulos devido a esse apoio e aos produtos da empresa nacional.

                “A ProShock sempre acreditou no meu sonho e eu penso que a empresa está bastante satisfeita com essa parceria”, disse o paratleta.

                Além do patrocínio da ProShock, Tiago é patrocinado por Unitau, Secretaria de Esportes de Taubaté e Ortopedia Rita de Cássia e tem apoio de Aerofisic, Vita Magic, Ophicina do Corpo, Usivale, Instituto Ferrarezi e Fisioex. Tiago, porém, lembra que precisa de mais apoio para poder atingir sua meta Paralímpica.

                “Acredito que algumas empresas têm receio de investir em nosso esporte, mas vejo que esta situação está mudando. Estou buscando mais os interessados em fazer parte do meu projeto, para estar comigo até as Paralímpiadas de 2016”, afirmou.

                Para contato direto com Tiago, o email é o tpersonal@ig.com.br.

                A ProShock System é uma empresa orgulhosamente 100% brasileira, focada em inovação com sustentabilidade. Os produtos são desenvolvidos com tecnologia de ponta, direcionados para performance, segurança e comodidade do ciclista.

FOTO: Divulgação ProShock