terça-feira, 25 de dezembro de 2012

4º trecho do Circuito Vale Europeu é um dos mais desafiadores para qualquer ciclista

O Morro do Ipiranga ou Subida dos Anjos, como prefere definir o Professor Arnaldo, editor chefe da "Nóis na Fita A TV", desafia a capacidade dos cicloturistas que percorrem de bike o Circuito Vale Europeu em Santa Catarina.

Aqui se inicia a subida para a parte alta do Circuito, destinada a quem tem mais preparo físico e espírito aventureiro. Este é o trecho com a mais longa subida de todo o Circuito, são 8 km logo no início do dia. Boa parte dessa subida é sombreada pela mata. No meio da subida, há uma parada estratégica para descanso, contemplar o caminho dos anjos e observar o cristo.





Alguns quilômetros mais adiante está a entrada para a famosa Cachoeira do Zinco. É altamente recomendável este desvio, pois além da vista para a cachoeira, de mais de 70 m, tem-se a vista para o vale, que é fantástica. Mas é necessário fazer um planejamento, uma vez que são 8 km de ida, dos quais 2 de subida (200 m de desnível). Há opção de dormir por lá, desde que combinado previamente, na pousada ou acampando. A volta é pelo mesmo caminho.
Continuando, a estrada segue em boa parte plana, acompanhando um rio, mas ainda há algumas subidas bastante íngremes a serem vencidas. Bem próximo à estrada há uma Igreja construída no estilo Enxaimel, a única do Brasil, não deixe de passar por lá.

Fotos do percurso