segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

Rubens Donizete Valeriano comemora ano de ouro


O ano de 2012 foi um ano cheio de desafios para mim, mas, junto com os desafios, foi um ano de muita satisfação na minha carreira. Dentre os principais momentos de 2012 destaco, a princípio, a seletiva em busca da vaga Olímpica, em Londres.  Foram 8 provas seletivas. A primeira delas aconteceu na Costa Rica, no fim de fevereiro, e em meio à lama, conquistei a primeira colocação na competição. Depois foi a primeira etapa da Taça Brasil, em Curitiba, onde também conquistei a primeira colocação. Partimos então para o Chile, para a copa Cannondale, onde consegui chegar na quarta colocação, apesar de problemas mecânicos. Posteriormente, a etapa seletiva foi também a primeira etapa da Copa Internacional, em Araxá, onde também conquistei a primeira colocação.  A quinta etapa, e talvez a mais importante devido ao número de pontos em disputa, foi o pan-americano de MTB, no México, onde conquistei a medalha de bronze. Depois conquistei a segunda colocação na segunda etapa da copa Internacional em São Lourenço, na Portugal cup, em Portugal, e na última etapa seletiva e segunda etapa da Taça Brasil em Rio das Ostras, finalizando a seletiva e conquistando a vaga Olímpica para o Brasil, junto com os demais atletas integrantes da seletiva, Edivando Cruz e Henrique Avancini. O critério para definir qual o atleta representaria o Brasil em Londres ficou definindo de acordo com o número de pontos marcados, e assim, consegui somar mais pontos ganhando o direito de representar o Brasil no Cross Country.

Fiquei muito feliz não só com a conquista da vaga, mas também com o meu desempenho nas Olimpíadas, embora não tenha alcançado a colocação que eu almejava, foi a prova em que tive a menor diferença de tempo com relação ao líder, aproximadamente 5 minutos, e fui também o melhor latino-americano da competição,  quarto melhor das américas, conquistando a 24ª colocação geral.

Além das Olimpíadas, destaco o título de tricampeão brasileiro de Cross Country Elite, conquistado em Salvador, título este que dedico à toda a minha equipe. Destaco ainda o pentacampeonato da Copa Internacional de Mountain Bike, que além das etapas em Araxá e São Lourenço, contou também com as etapas em Divinópolis e Congonhas, onde conquistei primeiro e quarto lugares respectivamente, conquistei também a Copa Taça Brasil, realizada em três etapas, Campo Largo, Rio das Ostras e Campo Largo novamente, onde conquistei primeiro, segundo e primeiro lugares respectivamente.

Já no segundo semestre de 2012 conquistei a segunda colocação no Shimano Fest, e a 47ª colocação no mundial de XCO da Áustria, neste mundial senti bastante o cansaço acumulado durante o ano, mas mesmo assim, dei o meu melhor nesta competição. Por último, fui campeão dos Jogos Abertos de São Paulo, pela cidade de Jacareí, na segunda divisão, finalizando a temporada.

E já em dezembro, fui eleito pelo Comitê Olímpico Brasileiro – COB, como melhor atleta de Mountain Bike do ano de 2012, e eleito atleta destaque de Jacareí pela Prefeitura de Jacareí-SP, ambas as premiações me deixaram muito feliz, e me senti honrado pelo reconhecimento do meu trabalho, me motivando ainda mais para 2013.

Enfim, fiquei extremamente feliz com os resultados deste ano, pois, neste ano de 2012, foi possível perceber que o nível dos atletas aumentou bastante, o que é muito bom para o Mountain Brasileiro, mas, gostaria de agradecer às pessoas que me ajudaram a conquistar tudo isso, ou seja, à minha equipe Merida-Fox Racing-TMP, ao meu treinador Cadu Polazzo, aos meus apoiadores, à minha esposa e a todos os meus amigos e àqueles que estão sempre na torcida pelo Mountain Bike.

Que venha 2013!!!!

Desejo um feliz ano novo à todos, cheio de paz, de alegrias e de aprendizados.

Rubinho