quinta-feira, 25 de abril de 2013

Com foco na formação de atletas e cidadãos, Scott-Fittipaldi tem início de ano promissor

Muito treinamento, diversos pódios e ótimos resultados nas primeiras provas do ano. Com um início de temporada promissor, a equipe Scott-Fittipaldi segue trabalhando de forma consistente para que outros objetivos sejam atingidos em 2013.
 
Com foco no desenvolvimento de atletas e formação de cidadãos, o projeto iniciou esse ano totalmente direcionado às categorias de base. Por isso, além dos resultados nas corridas, a filosofia de trabalhar o futuro do mountain bike brasileiro é bem mais amplo.

Desde que nos comprometemos com a formação de atletas, tínhamos em mente algumas mudanças necessárias. A maior parte dos atletas que estão e os que virão para a equipe são menores de idade, inexperientes principalmente em relação a provas internacionais, mas com potencial latente”, disse o team manager Odair Pereira.
 
Neste trabalho desenvolvido pelo projeto Scott-Fittipaldi, a atenção a cada detalhe é mais do que importante – desde a definição dos parceiros e apoiadores até o treinamento individualizado para cada um dos atletas. Neste ano, a equipe conta com o juvenil Renato Navarro, o júnior Celso Figueira de Mell e o Sub-23 William Alexi, além do apoio a Osmar Júnior, da categoria Júnior.
 
“Temos a chance de visualizar com mais clareza nas competições os pontos mais fortes e as dificuldades de cada atleta em particular.  O que posso dizer é que temos potenciais muito promissores nas mãos e estamos trabalhando para desenvolvê-los.  É importante que eles aprendam a usar a cabeça desde já e, com isso, traçar as estratégias para cada competição, usando sua força, técnica e inteligência para competir”, completou Odair.
 
 As bikes – Como parte do processo, as bikes dos atletas precisam aguentar o tranco e ser um importante aliado durante o duro calendário de competições. Por esse motivo, a  equipe escolheu as bikes Scale 910 (29”), Scale 700 RC (27,5”) e Scale 900 RC (29”) para utilizar durante o ano de 2013. Além disso, os atletas utilizam luvas, óculos, capacetes e sapatilhas Scott.
 
Os jovens talentos e o experiente Odair ainda utilizam ciclocomputadores CatEye, pneus WTB, componentes Syncros, selantes de pneu Café Latex (Effeto Mariposa), correntes Connex, óleo T -9 Boeshild e gel Carboom.
               
A equipe Scott-Fittipaldi de mountain bike tem a filosofia de desenvolver atletas e formar cidadãos. O foco está nas categorias de base, com o objetivo de trabalhar jovens atletas para serem o futuro da Elite brasileira da modalidade. O trabalho consiste em desenvolver talentos no Cross Country Olímpico visando não só as Olimpíadas do Rio de Janeiro, mas sim a continuidade para os próximos ciclos Olímpicos.
 
FOTO: Divulgação Scott
LEGENDA: Celsinho, William, Odair e Renato com a Scott 700 RC.