sábado, 20 de abril de 2013

Murilo Ferraz vence 3ª etapa do Tour de Santa Catarina


O percurso, de 142,9 quilômetros, entre Rio do Sul e Urubici, com muitas subidas e descidas técnicas, exigiu força, estratégia e atenção

O ciclista Murilo Ferraz, da equipe Clube DataRo, de Cascavel (PR), venceu nesta sexta-feira (19 de abril) a terceira etapa do Tour de Santa Catarina. O percurso, de 142,9 quilômetros, entre Rio do Sul e Urubici, com muitas subidas e descidas técnicas, exigiu força, estratégia e atenção. O pelotão enfrentou duas serras, a primeira em Alfredo Wagner e a segunda na chegada, na Serra do Panelão. 



O vencedor, que é de Campo Mourão (PR) e tem 21 anos, tem conquistado vitórias nesta temporada. Depois de vestir a camisa de líder da Volta do Uruguai, no mês passado, competição em que terminou como vice, prepara-se para disputar, na Sub 23, o Campeonato Panamericano de Ciclismo Estrada e Contrarrelógio, entre os dias 1º e 5 de maio em Zacatecas, no México. Em 2010, o atleta passou uma temporada na Itália, na equipe Projeto Ciclismo.


Ferraz manteve-se na fuga final e juntou-se aos corajosos que enfrentaram a descida, com curvas sinuosas e terreno acidentado. A chegada foi decidida no sprint. Em segundo lugar ficou Felipe Cristiano Marques (FW Engenharia/Pref. Madalena/Aços Mil/Amazonas Bike), do Rio de Janeiro. Na terceira colocação ficou Maurício Knapp (São Francisco Saúde/Powerade/Botafogo, de Ribeirão Preto.

Ricardo Pscheidt, tricampeão brasileiro de mountain bike, que é de São Bento do Sul (SC) e integra a equipe Tupy/Joinville, foi o quarto colocado. “Como sou do mountain bike, achei meu resultado surpreendente”, afirmou. “Consegui escalar bem, apesar de ser tudo diferente do que estou acostumado, mas estava bem e acompanhei a fuga”, completou. Ricardo Andrey Ortiz, da equipe (Penks/Vzan/DKS Bike/Maxxis/Calypso/New Millen, de São Caetano do Sul (SP), completou o pódio no quinto lugar.

Entre os prêmios da etapa, Renato Seabra, do Clube DataRo, venceu o prêmio de montanha. Otávio Bulgarelli, da equipe Funvic/Brasilinvest/Marcondes César/Caloi, de São José dos Campos (SP), foi o vencedor da meta-volante.

Na classificação geral, o gaúcho Maurício Morandi, da equipe Memorial, de Santos, permanece na liderança.

OS CINCO PRIMEIROS DA ETAPA
1 – Murilo Ferraz (Clube DataRo/Cascavel) 3h31min36s
2 - Felipe Cristiano Marques (FW Engenharia/Pref. Madalena/Aços Mil/Amazonas Bike) m.t.
3 - Maurício Knapp (São Francisco Saúde/Powerade/Botafogo, de Ribeirão Preto 3h31min38
4 - Ricardo Pscheidt (Tupy/Joinville) 3h32min
5 – Ricardo Andrey Ortiz (Penks/Vzan/DKS Bike/Maxxis/Calypso/New Millen) 3h32min11s

OS CINCO PRIMEIROS COLOCADOS DA CLASSIFICAÇÃO GERAL
1 – Maurício Morandi (Memorial/Santos) 10h06min1s
2 – Magno Prado Nazaret (Funvic/Brasilinvest/Marcondes César/Caloi  (São José dos Campos – SP) 10h06min25s
3 – David Leite Silva (FW Engenharia/Pref. Madalena/Aços Mil/Amazonas Bike) 10h0639s
4 – Felipe Cristiano Marques (FW Engenharia/Pref. Madalena/Aços Mil/Amazonas Bike) 10h07min01s
5 – Murilo Ferraz (DataRo/Cascavel)10h07min02s

Confira resultados completos no site da Federação Catarinense de Ciclismo

PROGRAMAÇÃO
20 de abril – Etapa 4 – Urubici – Bom Jardim da Serra
Largada às 9h. Apesar do percurso menor, de 85 quilômetros, os atletas vão encontrar um relevo de subidas e descidas com alto grau de dificuldade e vão atingir os 1.500 metros de altitude.

21 de abril – Etapa 5 – Serra do Rio do Rastro
Largada às 10h. Com saída em Orleans e chegada em Bom Jardim da Serra, o percurso de 46 quilômetros é o teste derradeiro da competição, com altíssimo grau de dificuldade. Na maioria das edições, o campeão foi definido na subida desta que é uma das mais conhecidas serras do Brasil.