domingo, 6 de outubro de 2013

CIMTB no Sauípe: Henrique Avancini e Isabella Lacerda conquistam título inédito

Fonte: CIMTB

O domingo (6) começou agitado na Arena Sauípe. Mais de 300 bikers largaram para mais uma etapa da Copa Internacional Levorin de Mountain Bike (CIMTB). Atletas brasileiros, do Chile, Equador e da Bélgica fizeram da quinta etapa da CIMTB umas das mais emocionantes da temporada.

A largada foi dada às 8h da manhã, e a partir de então estava em jogo o título da etapa que seria disputado em três dias de provas, além da decisão de quem seria os grandes campeões da temporada 2013. Na superelite masculina, Henrique Avancini chegou ao Sauípe como líder, mas a diferença de pontos em relação ao Rubinho era pequena, e a situação podia mudar a qualquer momento.

Avancini venceu a prova Contra Relógio e respirou aliviado, mas no sábado de manhã (5), quem dominou o Short Track foi Rubinho Valeriano. E foi assim que os atletas foram para a pista: sem nada definido. 


Na primeira volta no circuito de 21 km, Henrique Avancini liderou o pelotão e abriu vantagem, mas na última volta foi surpreendido pela ultrapassagem do belga Frans Claes que pedalou todo tempo no mesmo ritmo e conseguiu ultrapassá-lo nos minutos finais levando para a Bélgica o título de campeão da CIMTB Sauípe 2013.

Mas a chegada mais aguardada era de Avancini ou Rubinho Valeriano que estavam brigando diretamente pelo título. E assim que apontou, Avancini começou a comemorar a conquista da temporada 2013 da CIMTB. Segundo o campeão, a prova foi muito difícil. “Hoje eu tive que me defender muito do Rubinho e do Pscheidt, mas no final da terceira volta o Frans me alcançou. Eu tive que levar no limite porque eu realmente queria fechar este ano com a vitória na copa. Eu estou muito feliz” descreve.


De acordo com Avancini, o campeonato deste ano foi muito difícil, pois explorou todas as modalidades do mountain bike. “Foi complicado manter essa regularidade e principalmente se preparar para esta etapa. No campeonato mundial eu sofri uma queda e tive que ficar dez dias sem treinar e isso atrapalhou muito esse final de temporada, mas no fim deu certo” explica.

A situação na elite feminina era completamente diferente. Isabella Lacerda chegou a grande final com uma vantagem de 51 pontos. Só tinha dois fatores que tirariam o título dela: terminar a prova na 10ª posição ou quebrar a bike.

Raiza Goulão chegou à Bahia na terceira colocação, mas mostrou toda sua força ao conquistar o primeiro lugar da prova de sexta. Durante a maratona (XCM) de domingo, Raiza liderou toda prova, mas na cola estava a equatoriana, Alexandra Serrano, que deu trabalho na prova de short track e ganhou com tranquilidade no sábado (6).  


Após 2 horas e 2 minutos de prova, Raiza Goulão passou pela linha de chegada em primeiro lugar e escreveu seu nome na Copa como a primeira campeã da etapa do Sauípe. Em seguida, Alexandra Serrano chegou à arena com 2 horas e 3 minutos. Enquanto o público aguardava para ver quem era a terceira colocada, Isabella Lacerda apontava na entrada do evento comemorando o título inédito em sua carreira.

Após passar pela chegada, Isabella não se conteve e deixou as lágrimas caírem. Um choro de alegria e sensação de missão cumprida. Ao descer da bike, a atleta se ajoelhou olhando para o céu. “Vim muito focada para esta prova, e sabia que a gente teria muito calor e muito areia. Eu só tinha em mente que tinha que dar o meu melhor e pedalar forte para chegar, mas graças a Deus deu tudo certo” comemora.

Segundo Isabella ser campeã da CIMTB era seu objetivo para este ano. “Eu estabeleci essa meta. Queria ser campeã da CIMTB, e com as duas vitórias na copa eu consegui ganhar uma boa vantagem para chegar hoje aqui” explica. Mesmo com a vantagem, Isabella não deixou de treinar muito e nem perdeu o foco ao longo dos meses.


Confira aqui o resultado oficial da CIMTB Sauípe 2013