sexta-feira, 11 de julho de 2014

Etapa 2 Single trakcs fascinantes e perrengues dão o tom de Almadén de la Plata a Zafra

"Saímos de Almaden de la Plata, de manhã, passamos pela Praça de Touros e iniciamos um trecho com estradões, single tracks e downhills. Na saída de um dos downhills, início de uma rampa pequena e forte, tivemos o problema do dia: a corrente da minha bike arrebentou e o tombo foi inevitável. Corrente consertada, joelho remediado e seguimos em frente" comenta Gilmar Duarte.


"A perda de tempo custaria caro mais à tarde, mas isso é assunto para o Prof. Arnaldo. Nas fotos do dia, procuramos retratar uma situação bastante comum aqui na Espanha e estranha para nós: vilas e cidades sem qualquer habitante pelas ruas das 13h00 às 18h00. 

O calor é tão forte que os espanhóis fazem a siesta e quando chegamos com nossas bikes, tivemos a impressão que pedalamos por uma cidade fantasma ..." conclui Gilmar.


"Lendo livros, informes, etc. todos dizem que se deve evitar os vários caminhos que levam a Santiago de Compostela em julho e agosto, meses de altas temperaturas. A "Vía de la Plata" de Sevilha a compostela, segue o sentido sul-norte da Península Ibérica. Como sou professor, não me resta outra oportunidade, assim que lá pelo km 70 em Fuente de Cantos na Comunidade Autônoma de Extremadura, tive que me alimentar e me hidratar de novo, pois o calor as 3 da tarde estava de fritas ovos no fiofó da galinha. 


Conseguimos chegar a Zafra depois das 5 da tarde, cansados, mas no meu caso louco para tomar umas brejas, porque afinal, temos que resfriar o radiador eh eh" conclui o Professor Arnaldo.

Fotos do dia