segunda-feira, 1 de junho de 2015

Só os brutos e as guerreiras do MTB se deram bem no 4seasonsMTB em São Francisco Xavier

RESULTADOS


ALERTA: As posições deste artigo são de inteira
responsabilidade do Professor Arnaldo e reflete sua posição individual.

Competir é coisa para machos e guerreiras do Mountain Bike
Estive neste domingo de muita chuva e um frio de lascar, na Etapa Outono da 4seasonsMTB em São Francisco Xavier, conhecida por suas belas paisagens, mas também por suas montanhas desafiadoras até para os mais experimentados ciclistas.


Graças à competente organização da prova comandada pelo nosso camarada, Milton Diniz, de sua esposa e uma grande quantidade de Staffs, rapidamente pude retirar meu kit e numeral, ocasião em que o Milton já avisava, que devidos as chuvas torrenciais, haveria um único circuito,que chegou aos 42 km de extensão, tanto para as categoria Pró (Storm), como da Sport (Cruise), com largada para as 9 da manhã.

Assim, fiz algumas fotos e filmei a largada, portanto largando entre os últimos dos últimos. 


De cara os pilotos encaram um subidão de 10 km. bem íngreme e totalmente enlameado, intercambiado com descidas alucinantes, porém bem perigosas, que causaram alguns tombos e quebras de corrente, fazendo com que vários ciclistas não conseguissem terminar na boa o percurso.


Finalmente, todos os que, na raça, terminaram a prova, chegaram exaustos e totalmente encharcados, mas com aquela sensação de vitória independentemente de sua colocação, pois a famosa "subida da casinha 2", foi de matar.

Mas não que que ao final da premiação da categoria Pró, comecei a ouvir reclamações variadas de vários atletas, que me levaram a seguinte reflexão:


  • Competição não é passeio ou viagem de cicloturismo, portanto é necessário estar minimamente preparado para encarar os mais diversos desafio, sejam eles quais forem.
  • A nossa amada bike tem que estar em ótimas condições, pois caso contrários as quebras serão inevitáveis.
  • Leia e ouça com atenção todas as informações dadas antes da largada, e observe muito bem as marcações do circuito, bem como os avisos dos Staffs pelo caminho.
  • Avalie muito bem o estado da trilha e a sua real capacidade de ultrapassar com segurança alguns obstáculos.
  • Terminada a prova, avalie bem os erros cometidos por você ou pela organização e procure manifestar-se com educação e respeito a quem de direito, característica desejável nas pessoas de boa índole.
  • Finalmente, entenda que competição é desafio e caso você não queira passar por situações de estresse e de alta descarga de adrenalina, mude para os ciclo passeios, como do Circuito Brasileiro de Cicloturismo, que tem a mesma estrutura de uma competição, mas tudo é muito light.
.Portanto, sem maiores delongas, curtam as fotos sacadas pelo Professor Arnaldo, editor chefe da "Nóis na Fita A TV"