sexta-feira, 18 de março de 2016

Ciclistas veteranos vão encarar a PORTUGAL TOUR MTB uma ultramatona alucinante de 6 dias desafiadores


De partida para Porto, uma das cidades mais lindas de Portugal, o Professor Arnaldo aos 61 anos, editor chefe da "Nóis na Fita A TV" e seu jovem amigo, Milton Diniz com 56 anos, organizador da "Copa 4SEASANSmtb", estarão de 21 a 26 de março competindo na Categoria Master (OVER 50) o "Portugal Tour MTB", encarando 400 km de trilhas aos redor da cidade de Viseu, com 10.500 metros de ascensão acumulados nos 6 dias, vencendo temperaturas abaixo dos 10 graus celsius.

"Encarar essa ultramaratona em terras lusitanas tem um sabor especial, já que pela região estive no ano passado, percorrendo o Caminho Português a Santiago de Compostela e é sabido por todos meus milhares de seguidores, que as competições são uma motivação particular em minha curta vida de ciclista, já que comecei a pedalar de verdade aos 46 anos", inicia o Professor.

"Definitivamente, não sou um velocista, nem me considero um atleta,na acepção mais pura da palavras, mas me encaixo como um "competidor aguerrido", que se deu muito bem nas duas edições do 24 Horas Brasil de MTB em 2008 e 2009, sendo que na última edição me consagrei na histórias das maratonas XCO como vice campeão e muito bem colocado na geral Solo" - continua o Professor Arnaldo.


"Concluindo, acima de tentar vencer as duras elevações altimétricas e as baixas temperaturas a cada dia, terei que fazer muita força, já que lá estarão campeões mundiais e olímpicos. Além disso, o tempo limite de corte em cada etapa será o dobro do tempo da dupla mais rápida do dia, ou seja, uma epopeia me aguarda. No entanto, eu não tenho medos ou receios, pois minhas mais de 450 participações em competições e viagens pelo mundo afora, me dão confiança para dar o melhor de mim, mesmo que em alguma das etapas venha a ser cortado".

Assim, só me resta agradecer de coração, aos meus milhares de seguidores nas minhAS mídias sociais, aos meus apoadores, entre eles, a Bikettor e Scatt Biker, pois entendo que ainda tenho muitos desafios a vencer nos próximos 30 anos.

Quem viver e pedalar, verá! É nóis mano!