quinta-feira, 2 de junho de 2016

Será que o Papa Francisco anda de bicicleta em Roma?

O Papa Francisco, um democrata por excelência,  é bem provável que daria sua benção a todo e qualquer ciclista, não importando sua idade, credo, estado civil, cor de pele, entre tantas formas e modelos que o ser humano gosta de se apresentar sob nossa amada magrela, ainda mais em Roma, um grande santuário a céu aberto.


O Professor Arnaldo Farias, Editor Chefe da "Nóis na Fita a TV", está percorrendo por uma semana, de trem, várias cidades importantes da Itália, antes de começar em uma Cicloviagem de peregrinação pela Via Francígena, razão principal de mais uma ciclo aventura pelo Velho mundo.

Assim, como é sabido por todos seus milhares de seguidores em suas mídias sociais, o Professor vai observando a convivência da bicicleta nas regiões italianas e humildemente tenta fazer um paralelo com a locomoção em bicicleta por grandes cidades brasileiras, avisando que na há nenhum critério científico em suas observações.


"Definitivamente a bicicleta é parte integrante dos meios de locomoção em toda Itália, como pude observar nestes dias aqui na Itália, apesar de que a grande maiorias dos ciclistas não usarem capacete, um item fundamental para a proteção da vida humana, segundo minha convicção pessoal. No entanto, a elegância sobre ela é fundamental, como pode ser observada nesta imagem de um senhor que pedalava por Bolonha, uma cidade da Região da Toscana." - inicia o Professor Arnaldo.


A presença massiva da nossa amada bike, divide democraticamente espaço com os veículos motorizados de qualquer especie, bem como com os próprios pedestres, em meio ao caos da multidão de turistas de todos os países do globo e mesmo na tentativa de sacar uma foto deste ou daquele monumento ou locais de interesse turístico, a bicicleta faz parte do cenário.


Claro que a pizza é um dos símbolos mais pungentes do Império Romano desde o último século, porém a bike sempre deixa sua marca até nas hora de "mangiare" - continua sua explanação o Professor Arnaldo.



Será que o Papa Francisco anda de bicicleta em Roma?

Finalizando este artigo o Professor Arnaldo, editor chefe da "Nóis na Fita a TV", passou três dias deambulando pelas ruas e avenidas, bem como os pontos turísticos mais importantes de Roma, sede do Império Romano, atrás de ciclistas de todas as tribos, fotografando-os para sua particular análise.


"Bem, Roma por ser uma grande cidade e capital da Itália, tem uma grande movimentação de carros, ônibus, motos, furgonetas, bicicletas e turistas a pé, num vai e vem enlouquecedor. Então as bikes e os ciclistas, não ficam tão evidentes como nas outras cidades que visitei nos dias anteriores.


Neste pais, com exceção dos ciclistas que praticam o ciclismo como esporte com mais seriedade, a esmagadora maiores pedala sem capacete e sem regras rígidas de comportamento no trânsito, mas todos conseguem conviver maios ou menos em harmonia, apesar de alguns sustos de lado a lado.

Portanto, elegante ou desalinhados, informais ou vestidos a caráter para pedalar, respeitando ou não as regras de trânsito internacionais, venha pedalar na Itália e, se puder, pedalem também pelo percurso italiano da "Via Francígena", uma nova opção regada a muita pizza para os amantes do cicloturismo". - conclui o Professor Arnaldo



A partir de 6 de junho de 2016, curta o dia-a-dia do Professor Arnaldo em Cicloviagem pela Via Francígena, desde Col San Bernado nos Alpes suiços.