sábado, 24 de setembro de 2016

Making Of do Desafio Atacama 2016 - 600 Km em 6 dias pelo deserto mais árido do mundo


No aguardo da produção final do documentário "Desafio Atacama 2016 - 600 Km em 6 dias pelo deserto mais árido do mundo", cujo objetivo principal da participação dos brasileiros Professor Arnaldo, editor chefe da "Nóis na Fita A TV" e de Marcello Ruivo, instrutor técnico da "CicloFemini - Escola de Pilotagem de Bicicletas" e de mais 0utros 8 chilenos pertencentes a Global Care Latinoamérica, foi a arrecadação de fundos para a construção de uma escola que visa dar instrução mínima para crianças analfabetas e muito pobres do Paquistão, nada melhor do que conhecer os bastidores desse épico Desafio.

O translado de brasileiros e chilenos a Calama.
Para os brasileiros a porta de entrada ao Deserto do Atacama, região norte do Chile, se deu pelo aeroporto de Calama, também ponto inicial do Dasafio Atacama, que teve a mítica cidade de San Pedro de Atacama como ponto de maior convergência para metade do percurso de um total de 600 km em 6 dias.

"Para mim e o Marcello, que fomos de avião até Calama, o único ponto de maior estresse foi a rigorosa revista pela Aduana chilena durante a conexão em Santiago, quando bananas, e um pequeno pedaço de madeira, foram acertadamente confiscados pelas autoridades locais, além de implicarem com o Marcello, quanto a documentação da sua bike, que estava em ordem por sinal.

Para os 8 companheiros chilenos foram muitas horas de carro desde Valparaíso, residência de todos, cuja distância, 1500 km, foi muito cansativa, tudo para levar em dois veículos de apoio, provisões alimentícias, centenas de litros de água, as bikes, barracas e toda a bagagem dos participantes, que ficaram a cargo dos companheiros chilenos, Victor Bascuñan e Carlos Letelier, pessoas que entregaram tudo de si para nos manter alimentados, hidratados e protegidos das intempéries do deserto mais árido do mundo, uma das principais razões principais do sucesso coletivo do grupo" - inicia o relato o Professor Arnaldo.

Maickel Caroca, um apóstolo, um guia, o mestre!
"Outro grande destaque do Desafio, por sua tenacidade, espírito de liderança e mentor dos roteiros e do sucesso da empreitda, pode sem dúvida alguma, ser creditado ao Pastor Maickel Caroca, criados do "Pedalear para proveer", braço desportivo da Global Care, soube como ninguém manternos unidos, concentrados no objetivo de cumprir os 600 km, inclusive fazendo alterações diárias nas distâncias a serem cumpridas, bem como nos itinerários, tudo para garantir a segurança física e moral de todos os particiantes" - continua o Professor.