quarta-feira, 5 de outubro de 2016

MTB 12 Horas na solo é para os brutos afirma o Professor Arnaldo campeão da Categoria

Campeão da Categoria Solo 5 Over 50+, aos 62 anos, o Professor Arnaldo, editor chefe da "Nóis na Fita A TV", conclama a todos os "arqui-amigos" que não deixem de participar da maior e melhor competição Cross Country dos últimos 20 anos em Itupeva, que se realizará no dia 26 de novembro deste ano.

"Eu sou um competidor que gosta mesmo de testar ao máximo os meus limites, principalmente no circuito do MTB 12 horas Brasil organizado com maestria pelo Sampabikers em Itupeva, que apresenta um circuito de 6,5 quilômetros com trechos de trilhas e estradas de terra, em meio a mata nativa e ao lado de um lindo lago.

Tal circuito apesar de ser desafiador, não apresenta trechos que possam comprometer a integridade física de ciclistas amadores, como é o meu caso que não passo de um entusiasta do Mountain Bike" - inicia o Professor Arnaldo.


"Embora minha preferência seja pela categoria solo, pode-se largar em duplas ou quartetos, masculino, feminino ou mistos, conforme critérios muito bem estabelecidos no Regulamento Geral do MTB 12 Horas, que tem sua largada pontualmente ao meio dia, ao estilo "Le Mans", ou seja, os pilotos da solo e os capitães das diversas categorias, correm a pé um pequeno trecho antes dos duelos por 12 horas ininterruptas, faça chuva ou faça sol, seja de dia ou de noite." - continua o Professor.


"Mas é durante a noite que ao menos para mim a diversão aumenta, pois já cansado, é a luz dos faróis que "iluminam a minha coragem" e me dão forças para vencer a mim mesmo, aos meus temores, e de quebra, na edição de 2015, tive a boa sorte de consagrar-me por primeira vez, CAMPEÃO DA CATEGORIA SOLO 5 50+, apesar dos meus 61 anos completados dias antes." exalta emocionado o Professor Arnaldo.

"Assim, nada de ficar "torcendo o cabo" por 6 horas, já que podemos testar nossas forças e nosso companheirismo se optarmos por pedalar em dupla ou quarteto durante incríveis 12 horas, pois é muito bom estar festejando nosso esporte com os nossos queridos amigos e, ainda mais, participando de uma competição testada e aprovada nos últimos 20 anos. Precisa mais? - conclui o intrépido sexagenário.

"Nóis sofre mais nóis gosta"