quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

Ilhabela: paraíso dos pedais, das remadas e dos amigos de fé!

"Neste carnaval ou em qualquer temporada, Ilhabela é um paraíso para os amantes dos pedais, remadas, encontros familiares e curtir os amigos de fé num dos lugares mais lindos do litoral norte de São Paulo" - inicia o artigo o Professor Arnaldo, editor chefe da "Nóis na Fita A TV", que neste mês de fevereiro passou alguns dias pedalando e remando com dos de seus queridos filhos, Michel Fabricio e George André, além da sorte de reencontrar o amigo de Edivando de Souza Cruz, atleta da Elite do Mountain Bike brasileiro que mora e treina em Ilhabela.

É no pedal!
Castelhanos - um clássico dopedal!
Dentre os percursos e trilhas para a prática de MTB, chegar e voltar da "Prais de Castelhanos" é a pedalada mais difícil e a mais clássica, pois da Balsa até o pico da montanha, sobe-se 750 metros em 13 km e chega-se a Praia de Castelhanos em 9 km. Portanto 22 km de pura diversão e suor. Depois de uma bela porção de peixe frito, a batalha e pedalar tudo de volta.

Praia do Bonete - Pedal e Caminhada a pé!
"Menos duro, mas também difícil é chegar até a Praia do Bonete no lado leste de Ilhabela, pois é um sobe e desce danado até terminar o asfalto depois de uns 15 km mais ou menos. Depois de uns 2 km pedalando na terra, há uma trilha e  leva-se mais uns 14 km até a Praia do Bonete, mas de bike é um sufoco, neste dia só conseguimos chegar até a "Cahoeira da Lage", pois em vários trechos não dava para pedalar, então o melhor e preparar um dia para caminhar mesmo até lá na Praia do Bonete.



Praia do Jabaguara- Só no pedalzinho!
Dependendo de onde o ciclista partir, ida e volta à Praia do Jabaquara é molezinha, só mesmo quando acabar o asfalto, que vai aparecer uns sobes e desces divertidos, mas nada que obrigue o biker a descer da magrela e fazer a famigerado "empurra bike" em umas poucas subidas, até chegar ao lindo mar de Ilhabela, um belo refresco neste caloroso verão de fevereiro.

Pedalou? Sim! Então, remou!
"Como o George, meu filho do meio, tem um barco apropriado para corredeiras, navegação em lagoas, represas e na costa marítima, a cada tarde dos nossos 4 dias de pedal por Ilhabela, colocávamos o barco no mar da "Praia Grande", distante 6 km da Balsa que liga São Sebastião a Ilhabela e era diversão na certa além de muitas risadas e mergulhos de snokel para admirar a riquesas do fundo do mar." - continua o Professor.

"No último dia de pedal, a modo da "cereja do bolo", quando estava retornando à pousada vindo da "praia do Jabaguara", cruzei com o amigo Edivando de Souza Cruz, atleta de Elite de MTB, morador de Ilhabela, que me presenteou com uma bela entrevista, publicada a poucos dias no meu Blog" - encerra o intrépido Professor Arnaldo.

Para os videomaníacos, segue um vídeo ilustrativo dos belos dias passados bela família Farias em Ilhabela: