sábado, 1 de julho de 2017

Bikegrinos concluem com sucesso o :Caminho Francês a Compostela e Finisterre

Um dos grupos de Bikegrinos brasileiros, que teve a colaboração do Professor Arnaldo Farias, editor chefe da "Nóis na Fita A TV", com estrutura e apoio logístico
 do Movimento Bike Line Brasil, concluiu sem nenhum tipo de estresse o Caminho Francês, com término em Santiago de Compostela e ao "Fim do "Mundo", a mística cidade de Finisterre, junto ao mar, na Comunidade Autônoma da Galícia - Espanha.

"Este seleto grupo de pernambucanos, Luis Claudio, Liliane e Fabiana, ainda teve a participação do meu querido amigo Marcelo Bruder, de
Itapeva, cidade do interior do Estado de São Paulo, que além do percurso oficial, partindo de Saint Jean Piede de Port na França até Santiago, ainda pedalaram 180 km a mais, começando a Bike Peregrinação de Pamplona a Saint Jean e um prologamento desafiador até Finisterre, concluindo o pedal junto ao mar, um luxo, pois o marco zero do Caminho se localiza junto ao Faro de Finisterre e todos sem nunhum tipo de incidente, pois pegrinar de bike tem lá seus pequenos riscos, tais como quedas entre outros imprevistos, pois a Bike Line deu total apoio, uma condição que trouxe tranquilidade diária nos mais de 1.000 km pedalados durante três semanas" - festeja o Professor Arnaldo.

A primeira parte do relato dessa Bike Peregrinação pode ser conferida, acessando um dois artigos anteriores intitulado

"Caminho Francês com a Bike Line segue em pleno êxito"


Santiago de Compostela e Finisterre: enfim um sonho realizado
Assim, conforme informado no artigo a acima, a segunda parte teve inicio em León, com paradas para descanso em Astorga, em terras de Castilla y León, passando por "Pueblos" de uma beleza histórica sem par.
Um dos ponto mágicos foi a passagem por Ponferrada, que apresenta a primeira e mais importante fortaleza dos Soldados Templários, um banho de cultura e história para o grupo. Além disso tudo, o grupo se hospedal no Albergue Guiana, especialmente construído por um arquiteto que também é um aficionado pelo ciclismo, um verdadeiro paraíso para os Bikegrinos, alberque esse que mereceu um artigo à parte, tal a imensidão dos recursos oferecidos aos peregrinos que usam a bicicleta para fazer o Caminho, podendo ser conferido no artigo: 

Albergue Guiana é um paraíso para os Bikegrinos no Caminho Francês


"A partir de Ponferrada, um dos maiores desafios para concluir o Caminho Francês é a desafiadora subida para chegar ao "Cebreiro", chegando a quase 1.400 metros acima do nível do mar, porta de entrada da Galícia, Comunidade Autônoma, cujo destino final para muitos é Santiago de Composta, razão maior de quase todos os peregrinos, que tem como destino final Santiago de Compostela, com sua monumental catedral.

Por incrível que pareça, a etapa com maior ascensão, foi o trecho entre Sarria e Melide, com mais de 1.400 metros de elevação acumulada em seus 65 km de percurso, com características próprias, já que a Galicia apresenta paisagens cercadas de florestas, rios, com uma fauna e flora de encher os olhos e tirar qualquer pressa do grupo, que aproveitou para tirar centenas e centenas de fotos, tudo na maior alegria contagiante.

Finalmente, após 18 etapas, elaboradas com a intensão de percorrer o Caminho Francês sem nenhum afogadilho, o grupo de Bikegrinos, com a emoção à flor da pela deu início ao último dia de peregrinação, com a boa sorte de chegar a Santiago de Compostela com tempo bom, já que a Galícia tem lá seu próprio clima bem particular, podendo chover e fazer frio mesmo em meio ao caloroso verão que começa a dar ao ar da graça na maravilhosa Espanha.


Claro, que o grupo chegou à Catedral de Santiago de Compostela sob forte emoção e sentimentos de seus mais acalentados sonhos de anos, absolutamente realizados, graças também ao apoio do Movimento Bike Line Brasil, que não mediu esforços para que tudo saísse a contento, tal qual ocorreu sem maiores incidentes, sendo que eu e meu amigo Marcelo Bruder, tivemos a ousadia de ir de bike até o "Fim do Mundo", Finisterre, junto ao mar, mas isso é uma outra história que será contada em detalhes em breve aqui na "Nóis na Fita A TV". - conclui o intrépido Professor Arnaldo Farias.